F1: Ralf e Glock criticam Steiner por comentários sobre Mick Schumacher

O ex-chefe da Haas, Guenther Steiner, voltou a criticar Mick Schumacher, piloto reserva da Mercedes. Ralf Schumacher, tio de Mick, e Timo Glock, ambos ex-pilotos de Fórmula 1 e atuais comentaristas, saíram em defesa do jovem alemão e questionaram o histórico de Steiner como chefe de equipe.

Steiner, que atualmente trabalha como comentarista para a RTL alemã, disse recentemente no podcast ‘The Red Flag’ que a Alpine não deveria contratar Mick para substituir Esteban Ocon, como chegu a ser cogitado.

Ralf não gostou nada do comentário e criticou Steiner: “Não entendo essas críticas sem sentido. Parece que ele quer impedir o retorno de Mick à F1. O que aconteceria se Mick se saísse bem? Steiner não ficaria bem.”

O tio de Mick também cutucou o italiano ao mencionar o bom desempenho atual da Haas: “Talvez o Sr. Steiner devesse pensar por que a equipe está melhor agora?”

Como resultado da situação, Ralf se recusou a dividir a tela com Steiner na RTL. “Não haverá mais aparições conjuntas em frente às câmeras”, afirmou ele.

Glock concordou com Ralf. “Deveríamos parar de criticar Mick repetidamente. Qual o sentido? Ele (Steiner) deveria limpar seu próprio quintal. O time Haas está indo muito bem sem ele.”

O comentarista alemão finalizou defendendo Mick: “Ele tem experiência na F1, é rápido e com o ambiente certo, seria o homem certo para o cockpit”, completou Glock.