F1: Hamilton supera marca de Schumacher e iguala outra em Mônaco

Lewis Hamilton conquistou dois recordes de Michael Schumacher e igualou um terceiro durante o GP de Mônaco de Fórmula 1.

Antes da ascensão de Max Verstappen em 2023, a F1 vivia uma era dominada por Hamilton e Schumacher em termos de recordes. Vários deles, como número de vitórias, vitórias em uma temporada e pódios na carreira, já haviam sido superados por Hamilton. O britânico também igualou o alemão no número de títulos (sete).

No entanto, Schumacher ainda reinava em um quesito: as voltas mais rápidas. O alemão detinha diversos recordes relacionados a elas, mas em Mônaco, Hamilton conquistou um desses recordes e igualou outro.

Na tentativa de ultrapassar Verstappen pela sexta posição, Hamilton parou na volta 51 para trocar pneus médios usados por duros. Porém, não conseguiu superar a Red Bull. Já nas voltas finais, Hamilton cravou um 1:14.165 na volta 63, marcando a volta mais rápida da corrida e conquistando o ponto extra.

Com isso, Hamilton estabeleceu sua 54ª volta mais rápida como piloto da Mercedes, superando as 53 de Schumacher pela Ferrari entre 1996 e 2006. Verstappen aparece em terceiro na lista de ‘mais voltas mais rápidas pela mesma equipe’, com 32.

Além disso, Hamilton alcançou a marca de quinze temporadas consecutivas com uma volta mais rápida, igualando o feito de Schumacher entre 1992 e sua aposentadoria pela Ferrari em 2006. A sequência do britânico começou em 2010.

O GP de Mônaco também garantiu a Hamilton o recorde de mais temporadas com ao menos uma volta mais rápida (17). Apenas em 2009, quando defendia o título, ele não conseguiu registrar uma volta mais rápida em toda a temporada.

A volta mais rápida em Mônaco foi a 66ª da carreira de Hamilton, que se aproxima do recorde absoluto de 77 estabelecido por Schumacher. Com o domínio de Hamilton e Verstappen em tantos recordes da F1, este é um dos poucos que ainda pertence exclusivamente ao alemão. Hamilton está agora a apenas doze voltas mais rápidas de superar a marca de Schumacher.