F1: Wolff discorda de Hamilton sobre desempenho no Canadá

Lewis Hamilton classificou o GP do Canadá de Fórmula 1, como uma de suas piores corridas na carreira. No entanto, o chefe da Mercedes, Toto Wolff, discorda de seu piloto.

Para Wolff, o Canadá representou um progresso para a equipe. “Terminar em terceiro e quarto (George Russell e Hamilton, respectivamente), vindo de onde estávamos, é positivo. É muito melhor do que nas últimas corridas”, afirmou o dirigente austríaco.

Apesar do resultado, Wolff reconhece a frustração dos pilotos, que acreditavam em algo a mais. “Acho que os pilotos viram que podíamos ter conquistado uma ou duas posições a mais. É por isso que há um sentimento negativo. Mas se você oferecesse a eles o terceiro e quarto lugar antes do fim de semana, provavelmente aceitariam”, finalizou Wolff.