F1: Verstappen não mostra entusiasmo pelo regulamento de 2026

Max Verstappen falou sobre as novas regras da Fórmula 1 para 2026, anunciadas pela FIA no último fim de semana. O piloto da Red Bull Racing demonstra certa indiferença em relação às mudanças.

“Fico em cima do muro. Novas regras são novas regras. É um pouco consequência do motor, certo? Dizem que é 50/50 entre motor e bateria, mas não é bem assim. Por isso precisamos da aerodinâmica na reta para reduzir o arrasto e tornar tudo mais sustentável. Se não, a bateria acaba, o que acho que eles descobriram”, disse o tricampeão.

Verstappen reconhece que as novas regras provavelmente trarão uma nova ordem no grid, assim como aconteceu em 2022.

“Mas como outros pilotos falaram, quanto mais tempo se mantém o mesmo regulamento, mais equilibrado fica o campeonato. 2026 terá uma grande mudança, não só no desempenho dos carros, mas também nos motores. Algumas equipes podem tirar grande vantagem. É algo que não sabemos ainda, mas uns estão mais confiantes do que outros. Por outro lado, a F1 quer atrair novos fabricantes, e mudanças nas regras são necessárias pra isso”, acrescentou.

No fim das contas, Verstappen adota uma postura pragmática. “Vamos ver. Talvez eu seja surpreendido positivamente quando entrar no carro. Por enquanto, estou no meio termo. A gente pilota o que nos dão”, finalizou o piloto holandês.