F1: Vasseur acredita que dupla Hamilton e Leclerc vai favorecer a Ferrari

A chegada de Lewis Hamilton na Ferrari a partir da temporada 2025 da Fórmula 1, coloca a equipe italiana em uma situação inusitada: reunir dois pilotos de ponta lutando pelo mesmo objetivo, o título mundial. Diferentemente da Red Bull, que opta por um piloto número 1 com lado de Max Verstappen, a Ferrari aposta em um duelo interno que, para alguns, pode favorecer o atual holandês.

O motivo para essa preocupação é simples. Com Hamilton e Charles Leclerc dividindo o box, existe o risco de ambos roubarem pontos um do outro, beneficiando Verstappen, que não enfrenta tal dilema com Sergio Perez, e nem com outro piloto que possa substituir o mexicano no próximo ano.

No entanto, o chefe da Ferrari, Fred Vasseur, demonstra tranquilidade. Em entrevista à imprensa italiana, Vasseur destacou a importância de ter dois pilotos fortes: “Sempre acreditei que se conquista mais pontos com dois pilotos do que com… um e meio”.

Para Vasseur, a atual dupla da Ferrari, Leclerc e Carlos Sainz, é um exemplo claro dessa filosofia. “Eles se pressionam mutuamente. E se um deles tem um desempenho abaixo, o outro assume a liderança”, concluiu o dirigente francês.