F1: Schumacher acredita que caso Verstappen deixe a Red Bull, Marko vai junto

A forte ligação entre Max Verstappen e Helmut Marko na Red Bull Racing, levanta questionamentos sobre o futuro da dupla na Fórmula 1. Há vários rumores de que, caso Verstappen decida deixar a equipe, Marko possa acompanhá-lo.

No início da temporada, surgiram boatos sobre uma possível ida de Verstappen para a Mercedes, levando consigo o consultor da Red Bull. Apesar de descartada para 2025, a possibilidade de uma mudança de ares para o holandês ainda gera debates, principalmente em relação à 2026.

Ralf Schumacher, ex-piloto de Fórmula 1, acredita que a saída de Verstappen da Red Bull poderia significar a saída de Marko também. “Na Red Bull, as posições mudaram bastante, assim como Marko mudou. Então, por que não? Ele tem um forte vínculo com Max, ambos alcançaram tudo juntos. Max teve a chance de Marko na época que entrou na F1, e ele retribui muito bem. Por isso, eu realmente posso imaginar essa mudança acontecendo junta”, disse Schumacher ao site Formel1.de.

Schumacher destaca a relação aparentemente melhorada entre Marko e Toto Wolff, chefe da Mercedes. “Helmut e Toto parecem se dar melhor agora, não sei por quê, mas é bom. Um pouco de respeito deve existir. Às vezes você pode brigar, mas depois precisa se acertar”, encerrou o alemão.