F1: Red Bull questiona asa dianteira da Mercedes junto à FIA

A Red Bull colocou em dúvida a legalidade da asa dianteira da Mercedes utilizada no GP do Canadá de Fórmula 1. Apesar de aprovada pela FIA nos testes técnicos, o componente despertou suspeitas na equipe rival.

Desde o GP de Mônaco, a Mercedes vem utilizando uma nova asa dianteira, primeiro somente no carro de George Russell, e nos dois carros a partir da corrida em Montreal. A peça, segundo rumores, teria sido fundamental para o bom desempenho da equipe no Canadá, onde Russell fez a pole e teminou em P3, seguido por Hamilton em P4.

No entanto, a Red Bull questiona se a asa dianteira cumpre todas as regras da F1. O receio é que a peça possa estar flexionando além do permitido durante a volta, o que geraria uma vantagem aerodinâmica ilegal.

De acordo com o site alemão Auto Motor und Sport, a Red Bull solicitou informalmente à FIA que investigue a flexibilidadea asa dianteira da Mercedes. A federação ainda não se pronunciou sobre o assunto.