F1: Marko mantém confiança na Red Bull

Apesar do mau desempenho no GP de Mônaco de Fórmula 1, a Red Bull ainda não está pressionando o botão do pânico. Helmut Marko, consultor da equipe, definiu o circuito de rua monegasco como um caso à parte e acredita que o verdadeiro teste para o RB20 virá na próxima etapa, no GP do Canadá.

Desde o início de 2022, a Red Bull domina a Fórmula 1, conquistando a vitória em 27 das 30 corridas disputadas. No entanto, o carro sofreu na pista ondulada em Mônaco, com Max Verstappen ficando apenas em sexto no grid e na corrida. Sergio Perez teve um fim de semana ainda pior, largando em 18º e abandonando logo na primeira volta, após ser envolvido em um acidente.

A equipe aposta em Mônaco como uma exceção. Marko afirmou que só começará a se preocupar se o RB20 não performar bem em pistas tradicionais: “Nosso carro tem um conceito que prioriza a eficiência aerodinâmica, o que nos impede de levantá-lo para lidar melhor com as zebras sem perder muita pressão aerodinâmica.”

“Mas acredito que ainda temos vantagem em circuitos convencionais. Se não estivermos na frente na Espanha, aí sim teremos um problema. Nas pistas onde não formos os mais competitivos, podemos contar com o ‘fator Verstappen’. Ele está em ótima forma e faz a diferença”, acrescentou Marko.

O RB20 roda muito próximo do solo para maximizar a geração de downforce. Porém, essa configuração deixa o carro vulnerável a ondulações e zebras, como visto em Singapura em 2023 e Mônaco em 2024, os piores desempenhos da equipe desde o começo da temporada 2023.

Verstappen chegou a descrever o carro como ‘um canguru pulando’ na sexta-feira em Mônaco. O chefe de equipe, Christian Horner, garantiu que a Red Bull não vai subestimar nada quando o campeonato retornar à Europa para o GP da Espanha, após a passagem por Montreal.

“Não é que o carro tenha ido de bom para ruim, é apenas que esse circuito não se adequou às nossas forças”, disse Horner. “Precisamos entender quais são os pontos fracos e como vamos corrigi-los”, concluiu o chefe da Red Bull.