F1: Leclerc sonha com fim do jejum de vitórias em Mônaco

Charles Leclerc conquistou a pole position pela terceira vez na carreira para o GP de Mônaco de Fórmula 1. O monegasco da Ferrari cravou um tempo de 1:10.270 no Circuito de Monte Carlo, superando o rival Max Verstappen por 0.154s, que ficou apenas em P6.

Leclerc, que já havia demonstrado bom ritmo nos treinos livres, era o favorito para a pole e não decepcionou seus torcedores locais. No entanto, o piloto sabe da dificuldade de vencer em Mônaco, já que nunca subiu ao pódio em casa.

“É sempre especial a sensação depois de uma boa volta de classificação aqui”, disse Leclerc. “Estou muito feliz com a volta. A emoção está alta, mas sei que a sessão de classificação nem sempre é tudo, apesar de ajudar muito na corrida.”

“Precisamos fazer tudo certo no domingo. Nos últimos anos, não conseguimos isso. Mas somos um time mais forte, estamos em uma posição melhor. E tenho certeza que podemos alcançar grandes coisas amanhã, a vitória é o objetivo”, acrescentou.

Apesar do bom desempenho na classificação, Leclerc nunca terminou no pódio em Mônaco. Em 2021, conquistou a pole, mas sofreu um acidente e nem sequer largou devido a problemas no carro. No ano passado, largou na frente novamente, mas terminou apenas em quarto, após uma estratégia equivocada da Ferrari.

Leclerc espera mudar a história em 2024. O primeiro passo é ter uma boa largada para defender a liderança na curva Sainte Devote.

“Preciso de uma boa largada”, afirmou Leclerc. “E se conseguirmos fazer isso, espero que Carlos (Sainz) também tenha um bom começo e possamos estar em P1 e P2 na primeira curva. Se formos a dupla da frente, poderemos administrar a corrida como equipe. Esse seria o cenário perfeito. Mas aconteça o que acontecer, precisamos trazer essa vitória para casa”, finalizou o piloto monegasco.

O F1MANIA.NET acompanha ‘in loco’ todas as atividades do GP de Mônaco com o jornalista Rodrigo França.