F1: Horner aponta dificuldade de Perez para se adaptar quando carro é instável

Sergio Perez vinha de um clima positivo após renovar seu contrato com a Red Bull Racing antes do GP do Canadá de Fórmula 1, mas a corrida do mexicano em Montreal foi para ser esquecida. O piloto teve um desempenho muito fraco, não saindo do Q1 na sessão de classificação, e abandonando a corrida com grandes danos na asa traseira, após rodar e bater sozinho na barreira de proteção.

Christian Horner, chefe da equipe, reconheceu que Perez enfrenta problemas para se adaptar a condições de pista mais difíceis. “Ele sofre quando o carro não se comporta bem. Leva mais tempo para se ajustar, e a falta de treinos na sexta-feira (devido à chuva no TL1) o colocou em desvantagem. Vamos analisar isso junto para que ele reaja em Barcelona”, afirmou Horner.

Apesar das críticas, a Red Bull confia na recuperação de Perez para o próximo GP, na Espanha. “Foi uma combinação de fatores. Tivemos um problema na classificação que contribuiu. Há muito o que analisar para que ele volte à janela de performance”, finalizou o chefe da Red Bull.