F1: Haas desclassificada e pilotos perdem suas posições no grid de largada

A Haas recebeu um duro golpe no GP de Mônaco de Fórmula 1. Nico Hulkenberg e Kevin Magnussen foram desclassificados após a FIA detectar uma irregularidade técnica em ambos os carros da equipe.

Durante a vistoria pós-sessão de classificação, os fiscais da FIA identificaram que as asas traseiras dos carros #20 e #27 apresentavam uma irregularidade. O componente não estava de acordo com o Artigo 3.10.10 h do regulamento técnico, que limita a distância máxima de abertura da asa.

Com a infração confirmada, a Haas foi convocada pelos comissários. Hulkenberg havia conquistado o P12 no grid, enquanto Magnussen largaria em P15. A investigação apontou o erro da Haas na configuração da asa traseira e desclassificou os dois pilotos da equipe.

Depois de admitir o equívoco, a equipe recebeu uma permissão especial da FIA para que Magnussen participe da corrida, e o mesmo deve ocorrer com Hulkenberg. Com a desclassificação, a Haas avalia iniciar a prova do pit lane, evitando largar nas últimas posições.

O F1MANIA.NET acompanha ‘in loco’ todas as atividades do GP de Mônaco com o jornalista Rodrigo França.