F1: Alpine apresentou desempenho mais consistente nas ruas de Monte Carlo

A Alpine conseguiu passar para o Q3 pela primeira vez este ano, na sessão de classificação para o GP de Mônaco de Fórmula 1, com Pierre Gasly garantindo o P10 e Esteban Ocon ficando logo atrás em P11.

Bruno Famin, chefe da equipe: “Como equipe, é a nossa primeira participação no Q3 nesta temporada e isso nos prepara para ter uma corrida positiva amanhã. Embora estejamos satisfeitos, certamente havia mais coisas em jogo e ter os dois carros no Q3 era algo realista, dado o nosso ritmo durante a sessão de classificação. Nossos pilotos se esforçaram muito, como esperamos deles. Fizemos algumas melhorias de ontem até hoje. O crédito deve ser dado ao trabalho do simulador em Enstone e ao nosso piloto reserva Jack Doohan, que fez um ótimo trabalho durante a noite para testar algumas coisas e melhorar o ajuste do carro. Amanhã avaliaremos as nossas opções estratégicas. Faremos o que for necessário para garantir o melhor resultado possível da equipe”, concluiu.

Ocon: “Foi um dia de classificação muito movimentado em Mônaco. Da minha parte, são definitivamente sentimentos contraditórios. Há pontos positivos, pois fizemos algumas boas melhorias no carro para realmente estarmos na disputa pelos dez primeiros na sessão de classificação. Passamos pelo Q1 confortavelmente, mas cometi um erro na minha volta no Q2 ao travar as rodas na curva 1, o que provavelmente custou uma vaga no Q3. Tínhamos ritmo e fui ao limite para otimizar tudo o que tínhamos em mãos e às vezes erros acontecem. Estamos largando perto dos pontos e sempre há oportunidades para aproveitar em Mônaco. Daremos tudo desde onde começamos com a ambição de somar pontos para a equipe”, acrescentou.

Gasly: “Estou muito satisfeito por termos chegado ao Q3 hoje pela primeira vez este ano. Corri muitos riscos e toquei na parede muitas vezes, mas essas são os riscos que você tem que correr na sessão de classificação em Mônaco. No final, estou satisfeito com o resultado, mesmo que mais fosse possível. Tivemos que trabalhar duro ontem e a equipe de simulador em Enstone fez um ótimo trabalho ao testar alguns itens, e sugerir algumas mudanças para melhorar o carro. Sabemos que Mônaco é uma pista cheia de oportunidades e nos colocamos na disputa para somar pontos na corrida de amanhã. Ainda há uma longa corrida pela frente. Teremos que estar preparados para muitos cenários com o objetivo de sair com pontos para a equipe”, finalizou o piloto francês.

O F1MANIA.NET acompanha ‘in loco’ todas as atividades do GP de Mônaco com o jornalista Rodrigo França.