F1: “Transformando percepções”, Alonso surpreende na Aston Martin

Fernando Alonso desafia expectativas e impulsiona a Aston Martin

Fernando Alonso, piloto da Aston Martin, dissipou receios sobre ser difícil de trabalhar após se juntar à equipe, de acordo com Tom McCullough, diretor de desempenho da equipe. Alonso, que substituiu o aposentado Sebastian Vettel em 2023 após deixar a Alpine, conquistou oito pódios na temporada, incluindo seis nas primeiras oito corridas.

Apesar da Aston Martin não conseguir manter o ritmo de desenvolvimento ao longo da temporada, a equipe reconheceu que está jogando em um nível diferente após se destacar no meio do campo com o AMR23. Alonso, bicampeão mundial, alcançou seu melhor resultado na classificação desde 2013, terminando em quarto lugar, e tem sido fundamental no avanço da equipe.

No entanto, Alonso também tem uma reputação de relações complicadas com equipes. McCullough explicou como Alonso inverteu esse medo. “Ele tem sido uma força realmente positiva, todos os dias desde o minuto em que apareceu para o teste [em Abu Dhabi 2022]”, disse McCullough aos meios de comunicação.

Alonso chegou com entusiasmo, ofereceu feedback valioso e apontou áreas que precisavam de melhoria no carro. “Este ano, ele tem sido incansável e, não o conhecendo [antes], você tinha uma ideia de como ele seria, mas ele tem sido muito impressionante com a forma como tem pressionado e também com a eficiência de seu feedback”, acrescentou McCullough.

“Com o conhecimento e a construtividade dele dentro da equipe, tem sido realmente impressionante.” A experiência de Alonso na Aston Martin demonstra seu valor como piloto e líder de equipe, desafiando percepções anteriores e contribuindo significativamente para o desenvolvimento da equipe.