F1: Stroll recebe reprimenda por faltar a sessão de engajamento com fãs

Lance Stroll foi formalmente repreendido por não participar de uma sessão de engajamento com fãs antes do primeiro treino livre do GP da Espanha, conforme exigido pelas regras da Fórmula 1. O piloto canadense da Aston Martin justificou sua ausência por conta de uma consulta médica de última hora, mas a equipe não informou o representante médico relevante da FIA.

Os comissários de prova aceitaram a justificativa de Stroll, mas destacaram que a equipe falhou em comunicar a situação ao representante médico da FIA de maneira adequada. “O representante da equipe explicou que eles informaram o delegado de mídia o mais rápido possível, mas o cronograma para isso era muito apertado”, afirmaram os comissários em seu relatório.

A ausência de Stroll na sessão de engajamento com os fãs foi notada antes do início do TL1, e apesar de a justificativa médica ser válida, a falta de comunicação completa com a FIA resultou na reprimenda. As regras da Fórmula 1 são claras quanto à importância dessas sessões, destacando a necessidade de pilotos e equipes estarem disponíveis para interagir com os fãs, promovendo a acessibilidade e o engajamento no esporte.

Incidentes administrativos como este, no entanto, podem desviar o foco dos progressos feitos na pista. A Aston Martin tem sido uma das equipes em ascensão na temporada 2024, com Stroll e seu companheiro de equipe, Fernando Alonso, mostrando desempenho competitivo.