F1: Sauber tem desempenho bastante fraco neste sábado na Áustria

A Sauber (Stake F1 Team) enfrentou um sábado difícil neste final de semana do GP da Áustria de Fórmula 1, já que tanto a corrida Sprint quanto a sessão de classificação para o GP de amanhã não renderam resultados positivos para a equipe. Valtteri Bottas terminou a Sprint em P18 e se classificou também em P18 para o GP de domingo, enquanto Zhou Guanyu ficou em P20 nos dois eventos.

Alessandro Bravi, chefe da equipe: “Simplesmente, os resultados de hoje, tanto na corrida Sprint quanto na sessão de classificação, destacaram como estamos na parte inferior da hierarquia neste fim de semana. Tentamos diferentes opções de ajuste para encontrar desempenho extra, alterando tanto o equilíbrio aerodinâmico como mecânico, mas isso não teve qualquer efeito no resultado final. Barcelona provou ser um fim de semana melhor, o que mostra que podemos obter um melhor desempenho, mas neste final de semana sofremos com o nosso ritmo e temos que ser extremamente honestos connosco próprios. Isso tem de nos estimular a trabalhar mais para recuperar. Temos de melhorar em todas as áreas do carro, e isso exigirá o empenho de todos, tanto aqui como na fábrica, para sairmos da situação crítica em que nos encontramos”, concluiu.

Bottas: “Não foi o sábado mais fácil para nós. Sabíamos que seria difícil chegar aos pontos nas posições em que largámos na Sprint, por isso optamos por tratá-la como uma sessão de testes antes de domingo. Devido às temperaturas extremamente altas na pista, sofremos algum superaquecimento nos pneus, o que definitivamente não ajudou em nada. Também nos faltou ritmo puro, mas ainda assim conseguimos testar diferentes ajustes e aprender algumas coisas, que esperamos que nos ajudem amanhã. Infelizmente, a sessão de classificação foi mais uma vez difícil para nós. Ainda conseguimos melhorar um pouco o carro em termos de equilíbrio, mas quando se trata de desempenho puro, não estamos lá nessa pista. Fizemos alguns progressos e parecia que tínhamos uma chance de melhorar, mas não conseguimos. Infelizmente, é assim que as coisas foram hoje, mas ainda resta amanhã e não vamos desistir. Vamos tentar o melhor que pudermos durante a corrida, tirando tudo do carro e procurando qualquer oportunidade que possa surgir”, acrescentou.

Zhou: “Hoje foi em partes igualmente desafiador e decepcionante. A corrida Sprint não foi como eu esperava, pois lutei com o ritmo o tempo todo. Apesar de fazer algumas mudanças entre as sessões, isso também se aplica à sessão de classificação. Acredito que o traçado da pista não nos convém tão bem quanto o de Barcelona, e infelizmente, hoje não tivemos ritmo para sair do Q1. É crucial para nós mantermos o foco e continuarmos a melhorar o nosso carro e o conjunto geral. As mudanças que implementamos tornaram o carro mais previsível, o que geralmente ajuda durante a corrida. Não será fácil, mas daremos o nosso melhor. Espero que possamos lutar por posições mais altas amanhã”, encerrou o piloto chinês.