F1: Red Bull esclarece situação de peças sobressalentes

A Red Bull Racing se pronunciou sobre a situação de peças sobressalentes na temporada 2024 da Fórmula 1, após comentários do consultor da equipe, Helmut Marko, gerarem receio de falta de componentes para os carros.

Essa preocupação com uma possível falta de peças surgiu após o GP de Mônaco, onde Sergio Perez se envolveu em um acidente ainda na primeira volta da corrida. Marko então sugeriu que, em caso de nova colisão, a equipe poderia não ter peças suficientes para ambos os carros.

Dois finais de semana depois, em Montreal, Perez abandonou a prova após rodar sozinho na curva 6 do Circuito Gilles Villeneuve, batendo na barreira de proteção e causando danos consideráveis na traseira do carro.

Com isso, o portal RacingNews365 questionou a Red Bull sobre a veracidade dos comentários de Marko e a possibilidade de escassez de peças. A equipe, no entanto, negou tal cenário, garantindo que não haverá problemas para o GP da Espanha.

“Ambos os carros poderão utilizar as mesmas especificações de peças selecionadas para o GP da Espanha”, confirmou a equipe. A declaração da Red Bull traz um esclarecimento importante. A equipe assegura que todo o leque de peças projetadas e produzidas para diferentes tipos de circuito estará disponível para os dois RB20.

Esta notícia alivia a apreensão dos fãs da Red Bull, que esperam ver a equipe retomar a forma dominante no Circuito de Barcelona-Catalunha, após uma sequência de resultados menos expressivos, que mesmo assim, inclui duas vitórias de Max Verstappen nas últimas quatro corridas.

No entanto, o estilo de vitória de Verstappen mudou. O holandês enfrentou forte concorrência de Lando Norris da McLaren em Ímola e Montreal.

Com a volta da Fórmula 1 a um circuito mais tradicional, onde a aerodinâmica é bastante importante, os problemas do RB20 com zebras altas e ondulações na pista devem ser minimizados. Isso, teoricamente, recolocaria a Red Bull como favorita, o que não vem ocorrendo com tanta regularidade ultimamente.