F1: Mercedes aposta em ritmo de corrida para o GP da Áustria

A Mercedes optou por ajustes no carro visando a corrida principal do final de semana do GP da Áustria de Fórmula 1, podendo ter sacrificado um pouco o desempenho na sessão de classificação deste sábado, segundo Andrew Shovlin, chefe de engenharia de pista da equipe. Apesar disso, George Russell vai largar em terceiro, atrás apenas de Lando Norris e Max Verstappen, e Lewis Hamilton vai alinhar na quinta colocação.

O time alemão vem superando a Ferrari com folga nas últimas etapas, e na Áustria, a tendência parece se repetir. Shovlin destacou a vantagem da Mercedes na corrida Sprint: “Fizemos uma boa corrida Sprint hoje. Foi importante conquistar pontos extras sobre a Ferrari e ter uma noção melhor do rendimento dos pneus para a prova principal no domingo. Nosso ritmo estava bom, mas não no mesmo nível da McLaren”, acrescentou.

“Por isso, realizamos algumas mudanças para a sessão de classificação que podem ter nos prejudicado um pouco hoje, mas esperamos que nos deixe em uma posição mais forte amanhã”, disse Shovlin. Vale destacar que ambos os pilotos da Mercedes ganharam uma posição com a desclassificação de Oscar Piastri, embora a McLaren esteja contestando a decisão dos comissários.

Shovlin finalizou confiante: “Esse resultado é outro indício de que estamos no caminho certo, mesmo que a diferença para a Red Bull hoje tenha sido maior do que nas corridas anteriores. Estamos ansiosos para a prova de amanhã e esperamos brigar pelo pódio”, finalizou.