F1: Ferrari resolveu problema no motor de Leclerc

Boas notícias para a Ferrari e para Charles Leclerc. O piloto monegasco confirmou que a equipe italiana encontrou a solução para o problema no motor que causou seu abandono no GP do Canadá de Fórmula 1.

A Ferrari teve seu pior fim de semana da temporada em Montreal, com Leclerc abandonando a prova e Carlos Sainz sofrendo um acidente. Uma investigação detalhada da unidade de potência, revelou a causa da falha que tirou Leclerc da corrida logo após sua vitória em Mônaco.

De olho no GP da Espanha, Leclerc chegou confiante em Barcelona e livre de qualquer preocupação com o motor. “Encontramos uma solução”, confirmou o piloto para a imprensa. “Não vou entrar em detalhes sobre o que era exatamente, mas estávamos perdendo muito tempo nas retas, o que nos levou a abandonar. Era difícil controlar a situação até entendermos o que deu errado, mas resolvemos o problema.”

Leclerc também comentou sobre o fraco desempenho da Ferrari no sábado em Montreal. “O que mais nos preocupou nos últimos dias, desde que entendemos o problema do motor, foi a falta de performance no sábado. Acho que não administramos as coisas como deveríamos. Provavelmente havia mais desempenho no carro. Por isso, estou confiante de que estaremos de volta ao nosso nível aqui em Barcelona.”

O GP do Canadá não foi o único problema de Leclerc com o motor nesta temporada, já que ele também enfrentou dificuldades em Miami. A Ferrari precisou lidar com essas questões, mas Leclerc não vê motivo para preocupação com o restante do ano ou com possíveis penalidades de grid.

“Não estamos preocupados”, acrescentou Leclerc. “Claro, houve algumas movimentações com o motor ultimamente, e estamos avaliando tudo. Mas não há preocupação por enquanto. Estamos apenas usando os motores que temos no banco, e veremos depois desta corrida. Será importante para nós avaliarmos tudo”, encerrou o piloto monegasco.