F1: Alpine mais uma vez mostra ritmo melhorado

A Alpine mostrou mais uma vez que parece ter encontrado mais ritmo com o carro de 2024. Na sessão de classificação para o GP da Áustria de Fórmula 1, Esteban Ocon ficou com o P10 e Pierre Gasly em P13.

Ocon: “Foi um dia agitado na Áustria com a corrida Sprint seguida pela sessão de classificação. Sempre seria difícil marcar pontos, já que apenas os oito primeiros pontuam na Sprint e tivemos que usar um jogo de pneus velhos na corrida. Estou satisfeito com o nosso desempenho na sessão de classificação, onde estivemos novamente no Q3, como ontem. Dito isto, a sessão de hoje foi muito mais disputada no pelotão intermediário, com margens muito pequenas separando vários carros. Temos estado consistentemente no topo do grupo e na mistura dos dez primeiros. No final, nos contentamos com o décimo lugar, embora na verdade, apenas o nono lugar fosse possível, já que as quatro primeiras equipes estão muito à frente. Decidimos usar três novos conjuntos de pneus macios no Q2 para garantir que avançássemos para o Q3, e isso significava que não poderíamos lutar contra Nico (Hulkenberg) pelo nono lugar. O objetivo amanhã é manter-se entre os dez primeiros e marcar mais pontos”, concluiu.

Gasly: “​“Não foram os dias mais tranquilos para nós na Áustria. Em primeiro lugar, na corrida Sprint tivemos um início difícil, algumas derrapagens fora do traçado, o que nos fez perder posições. A partir daí ficamos presos no trânsito e não havia muito mais que pudéssemos fazer para avançar em direção aos pontos. Mudamos o acerto após a Sprint para buscar mais velocidade nas retas. O equilíbrio não parecia bom desde a primeira volta. O carro estava escorregando muito e na sessão de classificação não conseguimos fazer tudo junto. Às vezes essas mudanças acontecem, às vezes não. Espero que as mudanças que fizemos tragam algum benefício amanhã para corrermos mais perto dos pontos e acho que definitivamente temos ritmo para competir pelos dez primeiros. É positivo que estejamos na mistura e veremos o que podemos alcançar na corrida. É uma luta acirrada pelo nono e décimo e tenho certeza que iremos em frente”, completou.