De desconhecido a campeão: A história de Scanes e Verstappen

Bradley Scanes, que recentemente deixou de ser o treinador de Max Verstappen, compartilha como superou o desconhecimento inicial sobre o piloto e F1

Max Verstappen começa o novo ano com um novo treinador e o recém-saído Bradley Scanes reflete sobre os quatro anos ao lado do piloto da Red Bull.

Bradley Scanes, ex-treinador físico de Max Verstappen, admitiu que “não sabia” quem era o holandês quando se juntou ao tricampeão mundial. Scanes entrou para a equipe de Verstappen no final de 2019 e esteve ao lado do piloto da Red Bull durante suas conquistas de campeonato.

Falando no podcast The Red Flags, Scanes revelou: “Antes de começar a trabalhar com Max, eu realmente não sabia nada sobre automobilismo e Fórmula 1. Eu nem mesmo sabia quem era Max Verstappen.”

“Eu pesquisei muito para ler e me informar, para acompanhar tudo. Eu sabia que Hamilton era bem-sucedido, mas era só isso. A primeira corrida de F1 que assisti foi na garagem da Red Bull com os mecânicos.”

“Em dezembro de 2019, conheci Max e na segunda semana de janeiro comecei a trabalhar com ele. Durante todo o mês de dezembro, assisti e li tudo o que podia sobre F1. Tudo o que eu conseguia pensar.”

Sobre seu primeiro encontro com Verstappen, Scanes acrescentou: “Conversei com algumas pessoas diferentes ao redor dele e depois me disseram que eu voaria para Barcelona no dia seguinte para encontrá-lo. ‘Espera, eu tenho 15 pacientes amanhã!'”

“Depois de alguns ajustes, você simplesmente vai para Barcelona, você só precisa fazer isso. Então voei para Barcelona, onde Max estava testando alguns carros GT. Toda a família dele estava lá: sua namorada, seu pai e seus amigos. Foi muito aberto, descobrimos o que esperávamos um do outro e nos demos muito bem imediatamente. Então, conversamos sobre futebol e outros esportes.”

“Eu não achava que conseguiria o trabalho, mas pensei ‘vamos tentar’. Eu disse a Max, ‘eu já tenho um título mundial no bolso, como vamos garantir que você consiga um?’ Como vamos construir mais e como vamos fazer isso acontecer?’ Acho que ele gostou disso!”

A interação de Verstappen com seu engenheiro de corrida Gianpiero Lambiase tem gerado bastante interesse nos últimos anos, com a relação sendo descrita como de um ‘casal casado’ por Christian Horner e Helmut Marko.

Dando seu conselho para se dar bem com Verstappen, Scanes explicou: “Ser descontraído, ser honesto e direto, ser confiável, ser leal. Isso define os Verstappens e o grupo ao redor deles. Todo mundo diz que os holandeses são muito diretos, mas no esporte de alto nível você tem que ser aberto, você tem que ser honesto um com o outro lá. Então eu já estava acostumado com isso.”

Scanes agora deixou o lado de Verstappen, com foco agora colocado em passar tempo com sua família, dado o cronograma cada vez mais intenso da F1.