F1BC GT3 Competizione: Rapha Souza (Rosso) vence em Kyalami empata com Luis Augusto na tabela

F1BC GT3 Competizione 2023/3 @ Kyalami

A penúltima etapa do F1BC GT3 Competizione foi realizada no circuito de Kyalami nesta quarta-feira (8), e desta vez o nome da noite foi Rapha Souza (Rosso eSports), com vitória e grande emoção ao segurar a pressão de Fernando Falcão (Black Panthers Racing), para empatar com Luis Augusto na liderança do campeonato, rumo a última etapa.

Na PRO-AM, Henrique Campos (Fast Lap Esports) foi o vitorioso, enquanto na classe AM Evandro Martins (Independente) faturou a vitória sobre grandes adversários.

Na pontuação geral, Luis Augusto viu Rapha Souza empatar com 194 pontos para cada lado. Fernando Falcão (161) e Bruno Yamamoto (152) correm por fora com menores chances do troféu. Na PRO-AM, Henrique Campos tem a dianteira com 116 na soma, enquanto Gelson Neto (95) é seu rival direto. A classe Am, sempre equilibrada, desta vez tem como favorito Bruno Clemente (80), enquanto Wagner Mendonça (53), Diego Pestana (52) e outros correm por fora. Entre as escuderias, a BraClean e-Sports já pode comemorar o título antecipado.

Rapha Souza anotou a melhor volta com pouco mais de um décimo de vantagem sobre Fernando Falcão, enquanto Bruno Yamamoto e Henrique Mandziuc formaram a segunda fila. Henrique Campos fechou o Top 5 como o melhor PRO-AM, seguido por Lucas Bregalda, Luis Augusto, Vinicius Vieira, Anderson lima, e Diego Pestana entre os dez primeiros. Confira a ordem completa de largada a seguir.

Classificação
1 Rapha Souza (Independente), 1:40.405
2 Fernando Falcao (Black Panthers Racing), 1:40.562
3 Bruno Yamamoto (BraClean e-Sports Racing Team), 1:40.800
4 Henrique Mandziuc (Independente), 1:40.945
5 Henrique Campos (Fast Lap Esports), 1:40.992
6 Lucas Bregalda (Independente), 1:41.007
7 Luis Augusto (BraClean e-Sports Racing Team), 1:41.165
8 Vinicius Vieira (GT Racer), 1:41.560
9 Anderson Lima (Independente), 1:41.562
10 Diego Pestana (Rosso eSports), 1:41.652
11 Evandro Martins (Independente), 1:41.662
12 Bruno Clemente (GT Racer), 1:41.695
13 Hedryk Daijo (Team Hemi Motorsport), 1:41.760
14 Eduardo Kissilevitch (BraClean e-Sports Racing Team), 1:41.797
15 Cesar Bastos (Hoperarios Racing), 1:42.105
16 LH Britto (Hoperarios Racing), 1:42.145
17 Lucas Henrique (WW Racing Team 2), 1:42.585
18 Wagner Mendonca (WW Racing Team), 1:42.632
19 Gelson Neto (WW Racing Team), 1:42.970
20 Ramon Pellegrim (Pell Racing), 1:43.072
21 Joao Maria Cabral (Hoperarios Racing), 1:45.137
22 Lisandro Antonello (RAE Racing), sem tempo
23 Hugo Avila (WW Racing Team), sem tempo
24 Sergio Lemos (Hoperarios Racing), sem tempo

Boa largada em Kyalami, com a ordem s emantendo a mesma nas primeiras posições. Poucos contatos ocorreram, apesar de uma espremida de três lado a lado entre Eduardo Kissilevitch, Cesar Bastos, e Wagner Mendonça.

Os incidentes iniciais foram toques menores, com Lucas Henrique levando a pior numa dividida com Cesar Bastos, e Henrique Mandziuc em um contato com Bruno Clemente também encostou o carro de repente. Hedryk Daijó teve problemas de conexão, ficando pelo caminho.

Após as paradas nos boxes, poucas mudanças foram vistas, com Rapha Souza a frente de Fernando Falcão por apenas um segundo, enquanto Bregalda passou Yamamoto para ser terceiro. Henrique Campos seguia em quinto como líder da PRO-AM, e a frente de Luis Augusto.

Destaque para Sergio Lemos, que largou da última fila e galgou muitas posições, aparecendo em nono ainda antes da janela de pit stops se encerrar.

Um carro sob bandeira azul ainda rodou e tocou levemente no líder Rapha Souza, que por ali passava, mas Rapha deu um 360º e com muita categoria segurou o carro, já emendando a defesa de posição sobre Falcão, conseguindo se manter na frente.

Tudo isso só valorizou ainda mais a vitória de Rapha Souza, recebendo a bandeira quadriculada com pouco menos de um segundo de vantagem sobre Fernando Falcão, igualmente rápido.

Lucas Bregalda foi excelente ao faturar o pódio, a frente de Bruno Yamamoto e Henrique Campos – este sendo o vencedor na PRO-AM e abrindo vantagem na pontuação geral.

Luis Augusto teve uma noite abaixo do seu normal: o líder do campeonato empatado com Rapha Souza não conseguiu evoluir sua posição de largada e terminou em sexto, ficando em situação mais delicada na luta pelo título da categoria.

Eduardo Kissilevitch saiu do 14º lugar e terminou em sétimo, em boa atuação. Vinicius Vieira, Evandro Martins, e Lisandro Antonello (que largou em 22º e fez bela atuação) completaram o grupo dos 10 melhores no circuito sul-africano.

Final, 60 minutos
1 Rapha Souza (Independente), 35 voltas
2 Fernando Falcao (Black Panthers Racing), 0:00.820
3 Lucas Bregalda (Independente), 0:18.606
4 Bruno Yamamoto (BraClean e-Sports Racing Team), 0:22.877
5 Henrique Campos (Fast Lap Esports), 0:23.836
6 Luis Augusto (BraClean e-Sports Racing Team), 0:27.053
7 Eduardo Kissilevitch (BraClean e-Sports Racing Team), 0:57.580
8 Vinicius Vieira (GT Racer), 1:00.085
9 Evandro Martins (Independente), 1:01.433
10 Lisandro Antonello (RAE Racing), 1:20.265
11 Anderson Lima (Independente), 1:20.531
12 Cesar Bastos (Hoperarios Racing), 1:23.787
13 Hugo Avila (WW Racing Team), 1:30.740
14 Bruno Clemente (GT Racer), 1:31.618
15 LH Britto (Hoperarios Racing), 1:48.679
16 Wagner Mendonca (WW Racing Team), + 1 laps
17 Gelson Neto (WW Racing Team), + 1 laps
18 Diego Pestana (Rosso eSports), + 1 laps
19 Ramon Pellegrim (Pell Racing), + 1 laps
20 Sergio Lemos (Hoperarios Racing), + 4 laps
21 Lucas Henrique (WW Racing Team 2), + 13 laps
22 Joao Maria Cabral (Hoperarios Racing), Abandono (9)
23 Hedryk Daijo (Team Hemi Motorsport), Abandono (3)
24 Henrique Mandziuc (Independente), Abandono (2)
Volta mais rápida: Rapha Souza, 1:40.722

O F1BC GT3 Competizione terá sua grande final no dia 22 de novembro às 20h (horário de Brasília), no circuito de Suzuka, com transmissão ao vivo na EllevenTV.

O F1BC Esports realiza campeonatos oficiais de BMW, MINI, Heineken, tem patrocínio de Realdrive, Investtop XP, CriaPubli, M7Help, e tem parcerias oficiais com Amika, Elleven TV, F1 Mania, Aliança Contra Incêndio, e F1 Brasil.