F1: Piastri fala sobre ambiente positivo dentro da McLaren

O piloto australiano Oscar Piastri expressou gratidão pela cultura na McLaren, destacando o papel fundamental em seu desenvolvimento como piloto de Fórmula 1. Em entrevista ao speedcafe.com, Piastri elogiou o ambiente acolhedor da equipe desde o momento em que se juntou ao time.

“A partir do momento em que me juntei à equipe, senti que havia uma cultura muito boa que foi muito acolhedora para mim”, afirmou o jovem de 22 anos. Ele ressaltou a motivação contínua da equipe, mesmo nos momentos difíceis, e destacou ainda a confiança compartilhada de que poderiam superar desafios.

Falando sobre o significado dessa cultura para ele, Piastri destacou aspectos simples, como a amizade dentro da equipe. Ele falou sobre a colaboração eficaz entre todos os membros da equipe, desde os pilotos até os engenheiros e mecânicos.

A cultura positiva na McLaren é tão marcante, que Piastri revelou ter jogado tênis com o chefe da equipe, Andrea Stella, entre os GPs do México e de São Paulo. Ele ressaltou a importância desses momentos descontraídos e a camaradagem na equipe.

Também a McLaren demonstra seu contentamento com Piastri ao renovar seu contrato até 2026, destacando a confiança mútua e o ambiente colaborativo como fundamentais para o sucesso contínuo dessa parceria.