F1: Horner criticou escolha de pneus da McLaren

Christian Horner, chefe da Red Bull, criticou a ‘confusa’ decisão da McLaren de usar pneus macios em vez dos médios na parte final do GP da Inglaterra de Fórmula 1.

Lando Norris liderava a corrida com dois segundos de vantagem sobre Lewis Hamilton quando a Mercedes optou por um undercut estratégico, já que a pista estava secando. A McLaren, porém, hesitou tanto na hora da parada como na escolha do pneu, optando por copiar a estratégia da Mercedes e usar pneus macios usados, em vez de colocar pneus médios novos.

Essa se provou uma decisão errada. O desgaste rápido dos pneus macios impediu Norris de alcançar Hamilton, e ainda pior, permitiu que Max Verstappen, com pneus duros, ultrapassasse o piloto da McLaren para ficar em terceiro.

O chefe da McLaren, Andrea Stella, admitiu após a corrida que o box cometeu um erro ao não optar pelos pneus médios, e disse que a estratégia da Mercedes influenciou a escolha equivocada de sua equipe.

Horner afirmou estar perplexo com a decisão da McLaren, já que vários pilotos sofreram com o desgaste dos pneus macios no começo da corrida. “Há algumas razões para a escolha dos pneus duros”, disse Horner. “Primeiro, vimos que o pneu macio estava ruim no primeiro stint para os pilotos que o usaram, e o dianteiro perdeu aderência rapidamente. Já havíamos notado isso na sexta-feira. O pneu duro era mais robusto e acreditamos que seria melhor para nós. Então, quase não ligamos para o que os outros colocaram”, disse ele.

“Sabíamos que o pneu duro era melhor para nós. Tínhamos algumas informações de Checo (Sergio Perez) no começo da corrida, e o pneu parecia ter funcionado bem. O que nos deixou confusos foi que a McLaren era a única equipe que tinha pneus médios novos disponíveis e optou por não usá-los, o que teria sido o pneu ideal para aquelas condições. O pneu duro no final da corrida estava muito forte, principalmente no segundo setor, de alta velocidade. Max estava bem mais rápido que os carros à frente”, acrescentou.

Enquanto Verstappen havia criticado as escolhas estratégicas da Red Bull no GP anterior na Áustria, o holandês elogiou o trabalho de box que o levou ao segundo lugar em Silverstone. “Fizemos as escolhas certas”, disse Verstappen. “Trocar dos pneus slicks para os intermediários e depois dos intermediários de volta para os slicks, acho que foi a decisão acertada em todas as voltas. E no final, a decisão da equipe de usar o pneu duro em vez do macio definitivamente me ajudou. É por isso que acho que terminamos em segundo. Poderia ter sido bem pior, mas ao fazer as escolhas certas, ainda conseguimos subir no pódio e estou muito feliz com isso, porque parecia extremamente difícil”, completou o piloto holandês.