F1: Hamilton fala sobre futuro após atual contrato com a Mercedes

Apesar de buscar a vitória sobre Max Verstappen na temporada 2024 da Fórmula 1, Lewis Hamilton surpreendeu ao incentivar o rival a ‘continuar fazendo o que já faz’, afirmando que ele está realizando um ‘excelente trabalho’.

Para o heptacampeão, a última vitória na F1 foi no GP da Hungria em 2021. Desde então, Verstappen e a Red Bull dominaram a categoria.

Com a promessa da Mercedes de um W15 totalmente novo, espera-se uma retomada da rivalidade épica entre Hamilton e Verstappen, que tanto empolgou os fãs em 2021. Mas apesar da busca pelo oitavo título pelo britânico, o favorito ao campeonato segue sendo Verstappen.

Embora tenha renovado seu contrato com a Mercedes até o final de 2025, Hamilton não descarta a possibilidade de um futuro fora da F1, após alcançar o recorde histórico de oito títulos.

“Nunca disse que um oitavo título seria o fim da linha”, disse o piloto de 39 anos. “E não sei o que me espera depois de correr na Fórmula 1. Não sinto necessariamente o desejo de continuar ativo na Fórmula 1, mas como eu já disse antes, nunca diga nunca.”

Hamilton admite que não se imagina fora do cockpit: “Não consigo me imaginar sem pilotar e ainda estar em um box no pit. Provavelmente pensaria: ‘Eu poderia continuar mais um ano’. Então, talvez seja melhor tirar um ano sabático e ver se ainda quero voltar”, acrescentou.

O britânico compreende o motivo de alguns pilotos se aposentarem, e posteriormente retornarem à F1, citando os exemplos de Fernando Alonso e Sebastian Vettel. “Não me surpreendeu, porque vemos isso acontecer com frequência com pilotos aposentados. Fernando Alonso voltou, Michael Schumacher também”, disse Hamilton.

“Vi isso também com atletas de outros esportes e conversei com alguns sobre isso. Eles disseram: ‘Você está perdendo algo que fez a vida toda. De repente, se foi’. Então você pode sentir falta e imagino que seja um vazio enorme”, finalizou Hamilton.