F1: Gasly vai largar em último em Silverstone após troca completa do motor

Pierre Gasly terá um fim de semana complicado em Silverstone. A Alpine optou pela troca completa do motor do francês, o que o fará largar da última posição no GP da Inglaterra de Fórmula 1.

Ao chegar para a corrida britânica, Gasly já havia atingido o limite de componentes permitidos para a temporada: quatro peças do motor a combustão, turbo, MGU-H, MGU-K, além dos dois armazenadores de energia (bateria) e controles eletrônicos. O artigo 42.3d do regulamento esportivo da F1 determina a largada do fundo do grid para pilotos que acumularem 15 ou mais posições em penalidades.

Essa troca do motor do arro de Gasly foi confirmada pela FIA. Ainda não se sabe se a Alpine optará por iniciar a corrida do box com Gasly, driblando as restrições do parque fechado antes da prova.

Outros pilotos também precisaram de novas peças em suas unidades e potência, como Sergio Perez da Red Bull Racing e a dupla da RB, Daniel Ricciardo e Yuki Tsunoda. Todos chegam a Silverstone com o quarto e último conjunto original de componentes do motor à disposição.