F1: Alonso provoca Russell sobre orçamento da Mercedes

Fernando Alonso não perdeu a oportunidade de fazer uma piada sobre as possíveis margens de orçamento da Mercedes. O espanhol provocou o piloto George Russell durante a coletiva de imprensa no Bahrein, sugerindo que o salário de Lewis Hamilton poderia fazer a equipe ultrapassar o limite oficial.

O contexto surgiu quando Alonso foi interrompido por Russell ao responder uma pergunta sobre os testes de pré-temporada da Fórmula 1 no Bahrein. Ao questionar se o AMR24 da Aston Martin seria suficiente para melhorar o desempenho do ano passado, Alonso afirmou: “É difícil dizer, é só um teste e não temos ideia do que os outros estão fazendo. Até nosso programa está sempre mudando dependendo do tempo disponível. Com esses regulamentos, é difícil entender como podemos ter apenas um dia e meio para cada piloto se preparar para o campeonato.”

Comparando a F1 a outros esportes, Alonso criticou a curta duração dos testes: “É como se no futebol e no tênis, você mudasse a raquete ou as bolas antes de um torneio ou antes de uma temporada, e fizesse os jogadores testarem um dia antes do Grand Slam. Estamos em um esporte mais sofisticado com orçamento de US$ 200 milhões por equipe por ano, e coisas assim, então parece ridículo…”

Quando interrompido por Russell, que lembrou que o limite de orçamento é de US$ 135 milhões, Alonso fez um comentário bem-humorado sobre o contrato de Lewis Hamilton: “Sim, mas vocês têm um piloto caro, então é mais de US$ 200 milhões para a Mercedes com o seu companheiro de equipe.”

Alonso, veterano da F1, está na sua 21ª temporada na categoria, tendo estreado pela Minardi em 2000. Questionado se sente a mesma emoção ao se preparar para um novo campeonato como sentia no início da carreira, respondeu: “É diferente, mas ainda amo o que faço. De certa forma, uma nova temporada sempre traz emoções e novas opiniões. Você quer descobrir como o carro se comporta e quão competitivo será. É difícil superar um déficit na F1, mas não é tão difícil manter uma vantagem se você começar com o pé direito. Então, sempre há alguma curiosidade”, finalizou o espanhol.