F1: Albon e Gasly citam os desafios de ser companheiro de Verstappen

Os ex-companheiros de equipe de Max Verstappen, Alex Albon e Pierre Gasly, compartilharam suas experiências e desafios ao competir ao lado do piloto holandês na Fórmula 1. Sergio Perez, atual companheiro de Verstappen, também enfrentou dificuldades nesta temporada, vencendo apenas duas corridas em comparação com as dezessete do tricampeão.

Albon, que foi substituído por Perez, mencionou a dificuldade de competir contra um dos melhores pilotos da categoria, descrevendo Verstappen como um talento geracional. Ele enfatizou que, apesar dos desafios, os pilotos passam por momentos difíceis que os tornam mais fortes.

Gasly, que também foi parceiro de Verstappen, expressou simpatia pela situação de Perez, destacando como toda a operação da Red Bull é construída para maximizar o talento do holandês. Ele reconheceu que competir contra o melhor piloto e uma equipe totalmente dedicada a ele é uma tarefa muito difícil.

Ambos os pilotos desejaram o melhor para Perez, reconhecendo as complexidades do papel de companheiro de equipe de Verstappen. Enquanto Albon se reergue na Williams, liderando a equipe com pontuações consistentes, Gasly, agora na Alpine, conquistou um pódio em Zandvoort e está a caminho de superar seu companheiro de equipe Esteban Ocon. A experiência de Albon e Gasly fornece insights valiosos sobre os desafios enfrentados pelos pilotos que compartilham as garagens com Max Verstappen.