Raphael Reis domina as atividades de sexta-feira no primeiro dia do TCR Brasil no Velocitta

Líder do campeonato, Raphael Reis começou muito bem a etapa do Velocitta do TCR Brasil. Com o CUPRA TCR #77 da equipe W2 ProGP, o brasiliense foi o melhor nas duas atividades da última sexta-feira (13) no circuito localizado no interior de São Paulo, um dos mais técnicos do calendário da categoria.

Reis marcou o tempo de 1MIN33S475 no treino livre disputado no fim da tarde. Ele ficou 232 milésimos à frente do segundo colocado, o brasileiro Cardoso, com um Peugeot 308 TCR da PMO Racing. Galid Osman, também com um CUPRA TCR da W2 ProGP foi o terceiro, seguido pelo argentino Matías Rossi, com um Toyota Corolla TCR do Toyota Team Argentina. Rafael Suzuki, que volta à categoria nesta etapa, fechou a lista dos cinco primeiros com um Peugeot 308 TCR da PMO Racing.

Suzuki, aliás, é um dos candidatos ao título da categoria, mesmo ficando fora da rodada dupla de Cascavel do TCR Brasil. O paulista de 36 anos foi um dos pilotos que chegou à última etapa do campeonato de 2023 com chances de título e, neste ano, com os descartes obrigatórios de resultados, ainda pode levar a taça. Neste fim de semana, inclusive, ele se divide em duas categorias: ele participa das 4h do Velocitta do Endurance Brasil, categoria onde venceu a última etapa na classe GT3.

A etapa do Velocitta tem um treino livre programado para o início da manhã. No início da tarde, será disputada a classificação para as duas corridas de domingo. A 160 quilômetros de São Paulo, o circuito é um dos mais técnicos do calendário. O traçado de 3.493 metros, com 14 curvas e um desnível de 45 metros entre o ponto mais alto e o mais baixo da pista, exige 100% de concentração para obter o melhor desempenho. No domingo, serão realizadas duas provas, uma com duração de 25 minutos + 1 volta e a outra com 30 minutos + 1 volta.

“Foi um dia muito bom, o carro parece estar bem equilibrado. Claro que temos aquele gostinho de que poderíamos ter ido um pouquinho, mas o carro esteve muito bom ao longo de todo o dia. Fizemos bons testes hoje e ainda precisamos encaixar mais algumas coisas pensando no quali e na corrida. É um campeonato de xadrez, a cada corrida o lastro muda e o BoP também. Nesta etapa estamos leves e o Cupra costuma ter um bom desempenho aqui em Mogi. Espero somar bons pontos pensando no campeonato”, comentou Raphael Reis.