F2 promete temporada 2024 com disputa entre novatos e veteranos

A Fórmula 2 abre a temporada de 2024 a partir deste final de semana, com a primeira das 14 rodadas duplas do ano, marcada para o Circuito Internacional do Bahrein, em Sakhir. E a expectativa é de que uma espécie de “confronto de gerações” marque o campeonato. Alguns nomes que estavam em 2023 seguem no grid, mas enfrentarão adversários que correram na Fórmula 3 e até na FRECA.

Entre os pilotos, a principal atração será Andrea Kimi Antonelli, piloto da academia da Mercedes e que venceu a FRECA em 2023. O italiano, considerado um dos mais promissores nomes do esporte a motor mundial, pulou a F3 e estreará na F2 defendendo a Prema. A depender do desempenho, o jovem competidor poderá pintar na Fórmula 1 já no ano que vem.

Outro novato que terá as atenções do público é Gabriel Bortoleto, campeão da F3 em 2023 e que correrá pela Virtuosi. O piloto apoiado pela McLaren terá como adversários alguns nomes conhecidos de 2023, como o espanhol Josep María Martí, o argentino Franco Colapinto e o britânico Zak O’Sullivan.

Entre os veteranos da categoria, destacam-se Victor Martins, que vai para seu segundo ano, bem como Oliver Bearman, companheiro de Antonelli na Prema. Ainda há Dennis Hauger e o brasileiro Enzo Fittipaldi, ambos partindo para a terceira temporada na F2. O “Tubarãozinho” defenderá neste ano a equipe holandesa Van Amersfoort.

Há novidades com o carro também. O chassi foi atualizado e promete ser mais próximo do que é visto na F1. Chama atenção a asa traseira, que ganhou um formato curvo e não tão agradável visualmente para muitas pessoas. O motor, por outro lado, segue sendo o Mecachrome V6 turbocharger de 3.4 litros.

Assim como em 2023, o campeonato contará com 14 rodadas duplas, começando no Bahrein, nos dias 1 e 2 de março, e terminando em Abu Dhabi, entre 7 e 8 de dezembro. As etapas seguem com uma corrida curta no sábado e uma prova longa no domingo.