MotoGP: RNF Aprilia tem inscrição cancelada para a temporada 2024

A MotoGP confirmou nesta segunda-feira que retirou os lugares no grid da equipe RNF Aprilia. A justificativa de acordo com o campeonato foi de que o time cometeu “repetidas infrações e violações do Acordo de Participação que afetam a imagem pública da MotoGP obrigaram esta decisão.”

O fundador e acionista de 40% da equipe, Razlan Razali, anunciou sua saída da RNF na véspera do fim de semana em Valência. Com rumores de dificuldades financeiras e uma possível aquisição por investidores americanos ligados à NASCAR, a CrytoDATA (que assumiu uma participação majoritária de 60% na RNF há um ano) respondeu com uma longa declaração alegando que tinha tudo sob controle.

O time garantia que seguiria na MotoGP coma Aprilia para 2024.

Um comunicado da MotoGP diz: “o Comitê de Seleção do MotoGP, composto por membros da FIM, IRTA e Dorna Sports, decidiu não selecionar a equipe CryptoDATA RNF MotoGP para a temporada de 2024”.

“Repetidas infrações e violações do Acordo de Participação que afetam a imagem pública da MotoGP obrigaram esta decisão.”

“O Comitê de Seleção irá analisar as candidaturas para uma nova equipe independente que utilizará motos da Aprilia e poderá se juntar ao grid da MotoGP em 2024.”

“Mais informações sobre este assunto serão divulgadas no devido tempo.”

Os pilotos Miguel Oliveira e Raul Fernandez, por serem contratados da Aprilia, não são afetados pela saída do time. Ambos devem ser transferidos para a nova equipe satélite da montadora italiana.