F1: Verstappen critica Hamilton e aponta problemas da Red Bull em Ímola

Max Verstappen teve uma sexta-feira para esquecer em Ímola. O piloto da Red Bull Racing não poupou críticas após o TL2. A equipe austríaca precisa encontrar soluções para brigar pela vitória no restante do fim de semana. O holandês também comentou sobre um toque com Lewis Hamilton durante o TL2, colocando a culpa no piloto da Mercedes.

Verstappen reclamou bastante pelo rádio ao longo das duas sessões de treinos nessa sexta-feira, e suas mensagens não foram nada positivas: “Dia difícil, muito difícil encontrar um bom equilíbrio. Não estou confortável no carro, está movimentando demais, fica fácil perdê-lo.”

A Red Bull tem muito trabalho pela frente. “Temos algumas coisas para analisar, porque hoje foi ruim. O carro está desconfortável e o ritmo em longas sequências também é ruim. Precisamos melhorar se quisermos ser competitivos amanhã”, afirmou Verstappen.

Enquanto tentava uma volta rápida com pneus macios, Verstappen foi atrapalhado por Hamilton. O holandês não poupou críticas ao britânico e chegou a forçar a passagem sobre a Mercedes após o incidente. “Não é a primeira vez. Tento ficar calmo, mas aconteceu de novo. Não quero falar muito sobre isso, porque esse não é o nosso problema principal.”

Verstappen confia na capacidade da Red Bull de reagir no sábado e domingo? “Vamos analisar o que podemos fazer melhor para amanhã. Mas parece que os outros times deram um passo à frente. Do nosso lado, foi um dia ruim.”

Apesar de reconhecer as dificuldades da Red Bull, o holandês não desiste da briga pelo topo. Resta saber se a equipe conseguirá resolver os problemas apontados por Verstappen a tempo de brigar pela vitória no GP da Emília-Romanha de Fórmula 1.

O F1MANIA.NET acompanha ‘in loco’ todas as atividades do GP da Emília-Romanha, diretamente de Ímola, com o jornalista Rodrigo França.