F1: Sauber apresentou desempenho um pouco melhor em Silverstone

A equipe Sauber deu um passo à frente na sessão de classificação para o GP da Inglaterra de Fórmula 1, com Zhou Guanyu conquistando uma vaga no Q2 na pista escorregadia e molhada de Silverstone. Ele finalmente terminou em 14º, com seu companheiro de equipe Valtteri Bottas em 16º.

Alessandro Bravi, chefe da equipe: “Pode parecer estranho comentar positivamente uma sessão em que terminamos em 14º e 16º, mas hoje demos um passo à frente. No TL3, desta manhã, não estivemos lá em termos de performance, principalmente na perspectiva de brigar por uma vaga no Q2. Fizemos algumas mudanças no nosso setup, passando para um nível de downforce maior, e isso fez o carro render muito melhor na sessão de classificação. Vimos Zhou muito mais confortável e ele fez uma volta muito boa para entrar no Q2. Ele brigou com os carros da RB e até com (Charles) Leclerc, carros que geralmente estão fora do nosso alcance. Infelizmente, perdemos Valtteri no Q1 por uma margem muito pequena. A sua primeira volta colocou-o fora dos dez primeiros, mas depois teve de abortar a segunda e a terceira voltas. É uma pena, pois ele teve desempenho para conquistar confortavelmente uma vaga no Q2. Precisamos focar nos aspectos positivos, pois vimos um carro com bom equilíbrio e a equipe executou muito bem a sessão. Fomos os primeiros a optar pelos pneus macios antes da bandeira vermelha e também posicionamos bem o carro, na frente da fila, no reinício da sessão. Podemos olhar para a corrida de amanhã com confiança. As condições podem mudar ​​e se executarmos bem, podemos estar presentes na luta por pontos”, concluiu.

Bottas: “Tomamos algumas boas decisões hoje, por isso é decepcionante ter sido eliminado no Q1. Eu estava em uma boa posição e entre os dez primeiros até a última tentativa, mas às vezes é como uma roleta nessas condições. Foi muito complicado e foi um desafio me manter na pista e aproveitar ao máximo o carro, especialmente porque a aderência mudava a cada volta. Estávamos entre os primeiros a usar pneus slicks antes da bandeira vermelha e tínhamos uma boa posição na frente da fila no reinício, no entanto, as condições melhoraram no final, os outros conseguiram encontrar algo mais e eu não consegui hoje, mas sinto que estamos numa posição melhor para a corrida, e estaremos prontos para tudo”, acrescentou.

Zhou: “É bom ter chegado ao Q2 aqui em Silverstone, uma pista que nos convém muito melhor do que a Áustria. Houve muita coisa acontecendo no Q1, pois enfrentamos condições mistas, e portanto, começamos com pneus intermediários antes de mudar para slicks. A pista molhada, em particular, nos serviu muito bem hoje, onde as lacunas parecem ser ainda menores, e a equipa fez um trabalho fantástico navegando por algumas condições imprevisíveis. Espero que amanhã vivamos algo semelhante para recuperar mais algumas posições e lutar por pontos. Estou ansioso pela corrida, pois Silverstone é uma pista que oferece muitas oportunidades de ultrapassagem. Acredito que o gerenciamento dos pneus será muito importante e haverá chances de um bom desempenho”, encerrou o piloto chinês.