F1: Red Bull coloca Perez sob pressão e Ricciardo surge como possível substituto

Apesar de ter renovado seu contrato com a Red Bull Racing recentemente, Sergio Perez precisa mostrar evolução em seu desempenho. Segundo alguns rumores que começaram a circular no paddock da Fórmula 1, a equipe teria dado um ultimato ao piloto mexicano, que corre o risco de perder sua vaga caso não apresente resultados positivos, e isso poderia acontecer já em 2025. E quem estaria na mira para substituí-lo? Ninguém menos que Daniel Ricciardo.

Christian Horner, chefe da Red Bull, já havia indicado que existem ‘outras maneiras’ de pressionar Perez, independentemente do contrato. De acordo com a revista Auto, Motor und Sport, a situação para o mexicano se tornou crítica, pois ele precisa melhorar seu rendimento rapidamente, caso contrário, Ricciardo pode assumir o posto.

No entanto, a Red Bull alega que embora os contratos sempre contenham cláusulas de desempenho, não há prazos específicos. Vale lembrar que Perez assinou recentemente uma renovação de contrato, que foi divulgada como sendo de dois anos.

Atualmente, Ricciardo corre pela RB, equipe irmã da Red Bull Racing, mas também não vem apresentando um bom desempenho. Helmut Marko, consultor da Red Bull, descartou recentemente a possibilidade do australiano continuar como companheiro de equipe de Yuki Tsunoda em 2025, já que os acionistas consideram a RB uma equipe voltada para descobrir novos talentos entre pilotos juniores. Para Marko, o piloto neozelandês Liam Lawson (atualmente reserva das duas equipes da ‘família’ Red Bull) seria a escolha lógica para a vaga na RB em 2025.

Caso Perez seja mesmo dispensado pela Red Bull Racing, abrindo caminho para Ricciardo, a RB ficaria com uma vaga em aberto. Isso permitiria à equipe promover Lawson, que está livre para negociar com outras equipes a partir de 2025 caso não haja espaço para ele na Red Bull Racing ou na RB.