F1: Organizadores do GP de Las Vegas enfrentam problemas no primeiro dia de atividade na pista

O primeiro dia do final de semana do GP de Las Vegas de Fórmula 1 foi marcado por alguns problemas, e infelizmente um toque de ‘drama’ para os organizadores. O TL1 teve apenas dez minutos de duração, enquanto a segunda sessão só ocorreu às 2h30 da manhã no horário local, com a maior parte do público já tendo deixado o circuito quando os carros foram para a pista no TL2 que foi aumentado para 90 minutos de duração. Steve Hill, CEO da corrida da Fórmula 1 em Las Vegas, teve que prestar esclarecimentos à imprensa, incluindo o jornal local, Las Vegas Review-Journal.

“É decepcionante começar e não poder concluir aquela sessão de treinos”, disse Hill sobre o TL1. “Parece que foi uma tampa de bueiro que se soltou, e eles precisaram inspecionar as outras. Parece ser um problema muito solucionável, e vamos seguir em frente. Teria sido melhor se isso não tivesse acontecido, mas foi ótimo ver o início das atividades, e estaremos de volta ao circuito assim que pudermos com segurança”, acrescentou Hill.

Apesar do início complicado para o GP de Las Vegas, o organizador quis destacar os aspectos positivos: “Foi simplesmente fantástico ver os carros da Fórmula 1 saindo deste paddock e percorrendo a Las Vegas Boulevard. Não há realmente nada como essa sensação após todo esse trabalho. Um ano e meio de construção, dois anos de planejamento no geral, foi realmente gratificante ver isso acontecer.”

Palavras que não escondem uma noite de desapontamento para os pilotos, equipes e certamente os fãs. Este último grupo pagou muito dinheiro por assentos nas arquibancadas, e até o momento, nenhuma informação foi divulgada sobre qualquer compensação, devido aos enormes atrasos na programação.

O F1MANIA.NET cobre o GP de Las Vegas da F1 ‘in loco’ com Victor Berto.