F1: Alpine ainda busca melhor acerto em Silverstone

Nesta sexta-feira de treinos livres para o GP da Inglaterra de Fórmula 1, a Alpine se manteve em posições do pelotão intermediário nas duas sessões. No TL1, Esteban Ocon terminou em P10 e Jack Doohan em P17. No TL2, Pierre Gasly ficou em P14, seguido por Ocon em P15.

Doohan: “Estou feliz por entrar na pista hoje e fazer um treino mais extenso depois que a última vez foi prejudicada pela chuva no Canadá (Doohan deu apenas duas voltas no circuito de Montreal devido à chuva). Quando eu estava vindo para a pista pela manhã e vi que estava chovendo, me perguntei se o mesmo aconteceria novamente aqui, mas felizmente melhorou e a chuva permaneceu sob controle. As condições da pista estavam um pouco estranhas com o asfalto um pouco gorduroso. Acabamos completando a maior parte do nosso plano de corrida e tentamos algumas coisas em ambos os carros, então espero que tenha ajudado. Foi bom começar a rodar no seco e obter esse feedback e sensação dentro do carro, o que também pode se traduzir no trabalho que farei no simulador pelo resto da temporada”, concluiu.

Ocon: “O carro esteve bem esta manhã logo ao sair do box, com bom desempenho e bom equilíbrio. Mas retrocedemos um pouco à tarde e fomos um pouco na direção errada em termos de peças e acertos, então provavelmente voltaremos ao que tivemos no TL1 na sessão da manhã. Percorremos algumas partes para tentar entender e analisar algumas coisas em ambos os carros, e isso nos deu alguns bons aprendizados para amanhã. Foi ótimo ver tantos fãs na pista e nas arquibancadas numa sexta-feira, o que sempre acontece aqui em Silverstone! Vamos abaixar a cabeça e trabalhar duro para fazer algumas mudanças durante a noite e dar tudo de nós na sessão de classificação de amanhã”, acrescentou.

Gasly: “Jack pilotou o carro no TL1 hoje e mais uma vez fez um ótimo trabalho com a equipe, obtendo dados úteis, embora não tenha conseguido rodar tanto quanto esperado devido a uma bandeira vermelha. Terei que cumprir uma penalidade de grid no domingo pela troca da unidade de potência e da bateria. Para o TL2, eu estava principalmente tentando ter uma primeira sensação do carro nessa pista. E devo dizer que não estou satisfeito até agora com o comportamento do carro, embora tenhamos tido apenas uma rodagem mínima. Como vou largar da última posição no domingo, o foco para o resto do final de semana será conseguir o configuração e equilíbrio do carro na janela certa para a corrida, para que possamos atacar. Há muito trabalho para fazermos durante a noite, mas espero que no domingo possamos estar novamente em posição de subir no grid e possivelmente lutar por alguns pontos”, finalizou o piloto francês.