Ekström lidera prólogo do Dakar. Brasileiros ficam no top-5 nos carros

Os suecos Mattias Ekström e Emil Bergkvist foram os mais rápidos do prólogo que abriu nesta sexta-feira (5) a 46ª edição do Dakar, mais importante rali do planeta. A dupla, que compete com um Audi nos carros, completou o pequeno percurso de 28 quilômetros em Al Ula, na Arábia Saudita, em 16min30s, garantindo o melhor tempo da atividade que antecede o início das especiais.

A segunda posição acabou nas mãos de Seth Quintero e Dennis Zenz, dupla da Toyota que fechou o prólogo distante 23 segundos do tempo de Ekström e Bergkvist. Sébastien Loeb e Fabian Lurquin, dupla da Bahrain Raid Xtreme, ficou com o terceiro lugar, com o mesmo tempo dos brasileiros Marcos Baumgart e Kleber Cincea, quartos com a X Rally, equipe que completou o top-5 com Cristian Baumgart e Beco Andreotti.

Krzysztof Holowczyc e Lukasz Kurzeja, dupla que defende o X-Raid Mini, ficou com a sexta posição, ficando à frente de Stéphane Peterhansel e Edouard Boulanger, sétimos com um Audi. Lionel e Lucie Baud, que competem pela Overdrive, ficaram com a oitava posição, enquanto Martin Prokop e Viktor Chytka, da Orlen Jipocar, foi o nono. Brian Baragwanath e Leonard Cremer, da Century Racing, foram os décimos.

Atual campeão do Dakar e em seu primeiro ano competindo pela equipe própria, Nasser Al-Attyiah e Mathieu Baumel foram os 12º colocados. Já Lucas Moraes, brasileiro terceiro colocado no ano passado, foi o 16º melhor com um Toyota da equipe oficial da marca. O piloto tem como navegador nesta edição o espanhol Armand Monleón.

Entre os competidores dos UTVs, os mais rápidos foram Xavier de Soultrait e Martin Bonnet, que completaram o percurso em 18min38s. João Ferreira e Filipe Palmeiro fecharam o prólogo com o segundo lugar, sendo seguidos por Florent Vayssade e Nicolas Rey. O brasileiro Cristiano Batista, ao lado do espanhol Fausto Mota, foi o quarto, sendo seguido pelos também brasileiros Rodrigo Varela e Eno Bozano.

A primeira especial do Dakar será disputada neste sábado (6) entre as cidades de Al Ula e Al Henakiyah, com 405 quilômetros.