Dakar: De Mevius vence primeira especial nos carros. Varela triunfa nos UTVs

A dupla formada por Guillaume de Mevius e Xavier Panseri venceu neste sábado (6) a primeira especial do Dakar entre os competidores dos carros. A dupla, que compete com um Toyota da equipe Overdrive, completou os 405 quilômetros do percurso cronometrado entre as cidades de Al Ula e Al Henakiyah, na Arábia Saudita, em 4h35min59s, e não foi alcançada pelos adversários.

A segunda posição ficou com Carlos Sainz e Lucas Cruz, dupla da Audi que acabou 1min44s distante do tempo obtido por De Mevius e Panseri. Giniel de Villiers e Dennis Murphy, que defendem a Toyota, foram os terceiros colocados, sendo seguidos por Vaidotas Zala e Paulo Fiuza, quartos com a X-Raid Arijus. Romain Dumas e Max Delfino, da Rebellion, foram os quintos colocados.

Melhor brasileiro do dia, Lucas Moraes, que tem como navegador o espanhol Armand Monleón, foi o sexto com a Toyota, sendo seguido por Yazeed Al Rajhi e Timo Gottschalk, sétimos com a Overdrive. Mathieu Serradori e Loic Minaudier, da Century, foram os oitavos, terminando à frente de Mattias Ekström e Emil Bergkvist, da Audi. Saood Variawa e François Cazalet, da Toyota, foram os décimos.

Campeão do Dakar em 2022, Nasser Al-Attiyah e Mathieu Baumel ficaram com o 22º tempo com a Nasser Racing, enquanto Stéphane Peterhansel e Edouard Boulanger, com um Audi, foram os 26º. Os brasileiros Cristian Baumgart e Beco Andreotti, da X Rally, terminaram em 33º; enquanto Marcus Baumgart e Kleber Cincea, da mesma equipe, fechou a especial na 46ª posição.

Nos UTVs, os brasileiros Rodrigo Varela e Enio Bozzano foram os vencedores da especial, completando o percurso em 5h33min37s. Gerard Farres Guell e Diego Ortega Gil ficaram com a segunda posição, distantes 12min17s dos vencedores. Sara Price e Jeremy Gray completaram o top-3. Cristiano Batista, brasileiro que corre com o espanhol Fausto Mota, foi o sétimo colocado.

O Dakar segue neste domingo com a disputa da segunda especial da 46ª edição do maior rali do planeta. Serão 431 quilômetros entre Al Henakiyah e Al Duwadimi.