F1: Williams gostaria de ter Antonelli por dois anos

Segundo informações que começaram a circular na última sexta-feira, a Williams tem grande interesse no piloto júnior da Mercedes, que atualmente corre na Fórmula 2, Andrea Kimi Antonelli, de apenas 17 anos, e até teria pedido à FIA uma superlicença antecipada para o piloto italiano, já que o mínimo exigido é 18 anos.

A insatisfação com o desempenho de Logan Sargeant é a principal motivação da Williams. O norte-americano seguirá no time nas próximas corridas, mas seu futuro é bastante incerto. A equipe já conversa com outros pilotos, e Antonelli surge como nome forte, até pelo fato da Mercedes querer preparar o jovem piloto para assumir um cockpit na equipe alemã em um futuro próximo.

No entanto, a negociação não será simples. Segundo o Auto, Motor und Sport, a Williams deseja um contrato mínimo de dois anos, algo que a Mercedes não vê com bons olhos. Os alemães consideram Antonelli um potencial substituto para Lewis Hamilton a partir da próxima temporada da Fórmula 1.

Para avaliar o talento do jovem, a Mercedes programou novos testes em Silverstone na semana que vem. Antonelli pilotará o carro de 2022, mas não estará sozinho. Mick Schumacher, piloto reserva da equipe, também participará para servir de comparação.

A decisão final sobre o futuro de Antonelli na Mercedes não deve sair tão cedo. Toto Wolff, chefe de equipe, ainda espera uma brecha para tirar Max Verstappen da Red Bull. Já para o posto de sucessor de Hamilton, Mick Schumacher parece estar fora dos planos.

O F1MANIA.NET acompanha o GP de Miami ‘in loco’ com os jornalistas Victor D. Berto e Rodrigo França.