F1: Verstappen “em outro planeta”; a visão da Ferrari sobre o domínio da Red Bull

Na temporada de Fórmula 1 de 2023, Max Verstappen, da Red Bull, entregou uma performance que transcendeu expectativas, conquistando 19 das 22 corridas. Essa façanha não só reforçou sua posição dominante no esporte, mas também atraiu elogios de uma das principais rivais, a Ferrari.

Frederic Vasseur, chefe de equipe da Ferrari, em declarações aos meios de comunicação, incluindo RacingNews365.com, em Abu Dhabi, expressou sua admiração pelo desempenho excepcional de Verstappen. Ele destacou a consistência e a ausência de erros do holandês ao longo da temporada, referindo-se a ele como estando “em outro planeta”. Vasseur apontou que mesmo quando Verstappen enfrentou desafios, como na qualificação em Jeddah, ele permaneceu impecável, evidenciando sua superioridade técnica e mental.

A temporada viu a Red Bull perder apenas uma vez, na vitória de Carlos Sainz pela Ferrari no Grande Prêmio de Singapura. Vasseur reconheceu que, apesar dos esforços de sua equipe, Verstappen raramente esteve sob pressão, exceto em algumas das últimas corridas. Ele acredita que com mais pressão, erros podem ocorrer, um ponto que a Ferrari e outras equipes devem considerar para futuras estratégias competitivas.

Esta avaliação da Ferrari indica um reconhecimento do alto nível estabelecido por Verstappen e a Red Bull. Para competir efetivamente, as outras equipes terão que elevar significativamente seu jogo. A declaração de Vasseur sugere um futuro emocionante para a Fórmula 1, onde a busca pela excelência e a competição acirrada podem levar a um espetáculo ainda mais cativante para os fãs.