F1: Verstappen desconfia de “motor aberto” de alguns concorrentes hoje no Bahrein

Max Verstappen não se mostrou preocupado por não ter liderado nenhum dos treinos livres dessa quinta-feira para o Grande Prêmio do Bahrein de Fórmula 1. O piloto da Red Bull suspeita que equipes rivais ‘abriram o motor’ para ganhar tempo de volta.

Na primeira sessão, Daniel Ricciardo surpreendeu e terminou em primeiro, com Verstappen 0,369s atrás, na sexta posição. No treino noturno, considerado mais representativo, Lewis Hamilton liderou uma dobradinha da Mercedes. O heptacampeão cravou 1:30.374, ficando 0,477s à frente de Verstappen, que novamente terminou em sexto.

O atual campeão admite que a Red Bull precisa resolver pequenos problemas de acerto durante a noite, mas acredita que alguns de seus rivais aumentaram a potência de suas unidades de força, antes da importante sessão de classificação na sexta-feira.

“Talvez algumas equipes ao nosso redor já tenham aumentado um pouco a potência do motor em termos de velocidade máxima”, afirmou Verstappen. “Mas vamos apenas focar em nós mesmos. Acho que hoje tivemos alguns pequenos problemas de equilíbrio entre a dianteira e a traseira. Nada grave, apenas precisamos encontrar o ponto ideal, especialmente aqui com o asfalto irregular. É nisso que vamos tentar focar um pouco mais para amanhã.”

Verstappen não acredita que todos os times ao redor da Red Bull tenham forçado seus motores, mas acredita que ‘alguns sim’.

O holandês acredita que sua equipe não está muito longe de encontrar o ponto ideal do RB20, e está equilibrando suas expectativas entre uma sessão de classificação acirrada e a preparação do carro para a corrida no sábado, por meio das simulações de longa duração no TL3 de amanhã.

“No final do dia, você também quer se concentrar um pouco na simulação de corrida, porque é aí que o carro realmente precisa funcionar”, disse Verstappen. “Claro, a sessão de classificação é importante, mas precisamos garantir que o carro esteja em boas condições para a corrida. Não estou muito preocupado com a distância para o primeiro colocado nos treinos de hoje, mas vai ser bem acirrado amanhã. No longo prazo, eu estava um pouco feliz, mas, novamente, há algumas pequenas coisas que podemos melhorar”, finalizou o piloto holandês.