F1: Russell diz que seu objetivo é superar Hamilton em 2024

Depois de uma temporada de estreia desafiadora na Mercedes em 2023, George Russell não se contenta apenas em repetir o desempenho de Lewis Hamilton. Ele quer mais. Muito mais. Em entrevista à Motor Sport Magazine, o jovem piloto britânico declarou que a temporada 2024 da Fórmula 1, será o ano de superar seu ilustre companheiro de equipe e colocar a Mercedes de volta na briga pelo título.

“Sem dúvida, foi provavelmente a temporada mais difícil que já tive psicologicamente”, confessou Russell. “Lidar com oportunidades perdidas, resultados ruins, erros… É hora de me pressionar ao máximo.”

Enquanto Hamilton terminou a temporada 59 pontos à frente no campeonato de pilotos, Russell reconhece que poderia ter sido diferente. “Eu poderia tirar o pé do acelerador e pilotar abaixo do meu limite, sem cometer nenhum erro”, admite. “Mas isso não me satisfaz. Estou me pressionando além do limite, não quero apenas igualar meu companheiro de equipe nas classificações ou no ritmo de corrida.”

O objetivo é claro: liderar a equipe. “Quero estar à frente. É por isso que estou me esforçando tanto”, acrescentou Russell.

A ambição de Russell é sustentada por sua confiança na evolução da Mercedes. Após uma temporada sem vitórias e longe do domínio de Red Bull, a equipe optou por um novo conceito de carro para 2024.

“Estamos partindo do zero no carro do próximo ano”, disse Russell. “O lado positivo é que não estamos apenas coçando a cabeça tentando entender por que estamos tão atrás da Red Bull. Vemos tantas falhas neste carro, o que dá a todos na fábrica motivação e energia para encontrar soluções. Acredito que isso nos dará um bom salto para o próximo ano.”

O britânico reconhece o desafio constante apresentado pela Red Bull, mas ressalta a determinação da Mercedes em brigar pelo topo. “Claro, espero que a Red Bull evolua também. Mas não tenho dúvidas, no Bahrein, estaremos em uma posição mais forte do que estávamos neste ano”, encerrou Russell.