F1: Ricciardo temia reação de Marko em seu retorno para a Red Bull

Daniel Ricciardo confessou ter ficado nervoso antes de retornar à Red Bull Racing. O australiano temia a opinião de alguns funcionários da Red Bull, alimentando rumores sobre as dúvidas do consultor da equipe, Helmut Marko.

Ricciardo retornou à Red Bull na temporada 2023 da Fórmula 1 após o término antecipado de seu contrato com a McLaren. Sem emprego, o australiano recebeu a chance de se juntar à sua antiga equipe como piloto reserva. Ricciardo assumiu funções de marketing, mas também voltou ao simulador. Durante sua primeira vez de volta no simulador, Ricciardo admitiu ter se sentido tenso.

“Fiquei nervoso porque estava voltando a um ambiente, que eu não sabia como as outras pessoas na Red Bull se sentiam sobre minha volta à família, então também estava um pouco nervoso com isso”, disse o piloto da AlphaTauri no podcast Beyond the Grid.

Ricciardo deixou a Red Bull no final de 2018 para embarcar em uma nova aventura na Renault (atual Alpine), antes de se mudar novamente em 2021 para a McLaren. Christian Horner e também Marko ficaram surpresos com a mudança de Ricciardo na época, considerando que o australiano havia recebido um contrato da Red Bull que atendia a todos os seus requisitos. Por isso, existem rumores de que Marko ainda teria reservas sobre um possível retorno de Ricciardo como piloto titular na Red Bull em 2025.

Porém, o australiano conseguiu convencer todos dentro da Red Bull, e recuperou sua confiança após vários testes no simulador, além de ter impressionado muitos com um teste no RB19 em Silverstone. Lá, Ricciardo chegou muito perto do tempo da pole de Max Verstappen em sua primeira volta rápida, após o que Marko ligou para Nyck de Vries para informá-lo que ele deveria deixar a AlphaTauri imediatamente, onde Ricciardo assumiu o lugar.