F1: Perez indica Ferrari como rival e pede melhorias

Sergio Perez encarou o primeiro dia de treinos livres para o GP da Austrália de Fórmula 1 em Melbourne com seriedade. O mexicano acredita que a Red Bull Racing precisa evoluir e classificou a sexta-feira como ‘difícil’. No TL2, Perez chegou a reclamar da baixa visibilidade causada pelo sol.

“Foi uma sexta-feira complicada no geral, e acho que temos trabalho para fazer durante a noite. Melbourne também é um circuito difícil no período da tarde, por causa da incidência do sol que prejudica a visibilidade. Apesar disso, acredito que estamos bem com o carro nesta temporada e devemos estar fortes amanhã (sexta-feira)”, afirmou Perez.

O piloto mexicano já identificou seus principais adversários para o final de semana. “Acho que a Ferrari parece forte, esse circuito parece se adequar melhor a eles, e eles têm sido competitivos nas corridas longas. Será um desafio vencê-los, já que geralmente são rápidos aqui. Vai ser interessante ver como vamos nos equiparar”, acrescentou.

Com o contrato de Perez terminando no final desta temporada, o que teoricamente abre uma vaga ao lado de Max Verstappen, o mexicano não tem seu futuro garantido por enquanto. O consultor da Red Bull, Helmut Marko, já havia declarado que a substituição do mexicano não é uma questão urgente, principalmente pelo bom desempenho de Perez nas duas primeiras corridas de 2024, onde garantiu o P2 nas duas ocasiões. O GP da Austrália marca a terceira prova do calendário e Perez precisa manter os bons resultados para tentar se garantir na equipe para o próximo ano.