F1: Norris, Bearman e Sargeant testam pneus em Silverstone

A Pirelli conseguiu realizar alguns testes em condições de pista seca no segundo e último dia de testes de pneus em Silverstone, onde três equipes de Fórmula 1 participaram com seus carros. Lando Norris, da McLaren, o piloto reserva da Haas, Oliver Bearman, e Logan Sargeant, da Williams, completaram um total de 273 voltas, utilizando as duas especificações de pneus para clima úmido pela manhã e finalmente testando os pneus slick que a Pirelli esperava avaliar na parte da tarde.

Mario Isola, diretor de automobilismo da Pirelli, comentou sobre os desafios enfrentados durante os testes. “Infelizmente, o mau tempo significou que não pudemos completar o programa que tínhamos planejado para os slicks, focando especificamente na avaliação dos compostos para uso em pistas muito severas como Silverstone,” disse Isola.

Bearman estabeleceu o ritmo com um tempo de 1’29.481, enquanto Norris fez uma volta em 1’30.987 e Sargeant registrou seu melhor tempo em 1’32.161.

Os testes em Silverstone são fundamentais para a Pirelli, que busca desenvolver pneus que possam lidar com as exigências das pistas mais desafiadoras do calendário da Fórmula 1. As condições climáticas adversas complicaram os planos, mas ainda assim, os dados coletados serão valiosos para futuras avaliações e desenvolvimento de compostos.

Lando Norris, conhecido por sua habilidade em condições de pista molhada, demonstrou um bom desempenho durante os testes, contribuindo com dados importantes para a Pirelli. Oliver Bearman, mostrando seu potencial como piloto reserva da Haas, surpreendeu ao marcar o tempo mais rápido do dia. Logan Sargeant, representando a Williams, também teve uma participação significativa, ajudando a equipe e a Pirelli a entenderem melhor o comportamento dos pneus em diferentes condições de pista.

Os testes de pneus são uma parte crucial da preparação das equipes e da Pirelli para as corridas da Fórmula 1, garantindo que os compostos ofereçam o melhor desempenho possível em uma variedade de condições climáticas e de pista. Com os testes realizados em Silverstone, a Pirelli espera continuar aprimorando seus produtos para atender às demandas dos pilotos e das equipes na temporada de Fórmula 1.

A presença de três equipes diferentes nos testes reflete a importância do desenvolvimento contínuo de pneus na Fórmula 1. À medida que a Pirelli coleta mais dados e refina seus compostos, as equipes podem esperar melhorias significativas no desempenho dos pneus, ajudando a garantir corridas mais competitivas e emocionantes.

Esses testes são apenas uma parte do extenso programa de desenvolvimento da Pirelli, que continua a trabalhar em estreita colaboração com as equipes para fornecer pneus que atendam às exigências extremas da Fórmula 1. Com os dados coletados em Silverstone, a Pirelli está bem posicionada para fazer avanços significativos em seus compostos de pneus, beneficiando todas as equipes no grid.

A expectativa agora se volta para os próximos testes e para as corridas futuras, onde as melhorias nos pneus podem fazer a diferença no desempenho das equipes e no resultado das corridas.