F1: Mercedes acredita que diferenças são menores do que se esperava no Bahrein

O primeiro dia de atividades do Grande Prêmio do Bahrein de 2024 trouxe resultados positivos para a equipe Mercedes, com Lewis Hamilton conquistando o topo da tabela de tempos no TL2, seguido de perto por seu companheiro de equipe, George Russell. O TL1, realizado sob as condições quentes e ventosas típicas do dia, viu a equipe realizar uma sessão produtiva, terminando em terceiro e quinto lugares, respectivamente, com pneus Médios.

À medida que as condições esfriaram para o TL2, a atenção se voltou para o composto Macio, onde ambos os pilotos reportaram conforto com o equilíbrio geral do W15, garantindo as duas primeiras posições. Dados iniciais das simulações de corrida longa sugerem uma disputa acirrada logo atrás dos Red Bulls.

Lewis Hamilton compartilhou suas impressões, destacando a dificuldade trazida pelo vento no TL1 e uma sensação de otimismo após uma sessão de TL2 positiva. “O carro estava bom, mas sabemos que há mais para extrair. Nosso ritmo de corrida longa ainda não está no nível dos Red Bulls, mas estou mais feliz com o carro em comparação ao ano passado. Fizemos boas melhorias”, comentou Hamilton.

George Russell ecoou o sentimento cauteloso, enfatizando a relevância do ritmo de corrida longa e reconhecendo a competitividade de Verstappen e a proximidade com Ferrari, McLaren e Aston Martin. “Ficamos satisfeitos com nosso dia; o carro está se comportando bem. Vamos analisar as melhorias e tentar mantê-las”, disse Russell.

Andrew Shovlin, Diretor de Engenharia de Pista, destacou as preocupações da equipe com o ritmo de volta rápida antes do GP e o trabalho realizado para superar esses desafios. “Parece que melhoramos desde os testes. Ainda é cedo, mas já sentimos uma diferença significativa em comparação com os últimos dois anos”, explicou Shovlin, enfatizando a expectativa de uma batalha intensa pelas posições no pódio, excluindo o dominante Verstappen.

Este início promissor para a Mercedes sinaliza uma possível recuperação em relação aos desafios enfrentados na temporada anterior, com ambos os pilotos e a equipe técnica expressando um misto de otimismo cauteloso e determinação em continuar evoluindo. O cenário está montado para uma classificação emocionante no Bahrein, enquanto as equipes se preparam para intensificar suas estratégias em busca de um início de temporada forte.