F1: Macacão de Hamilton do GP do Canadá de 2007 arrematado por $240 mil em leilão

Primeira vitória histórica de Hamilton na F1 valoriza macacão de corrida em leilão

O macacão usado por Lewis Hamilton em sua primeira vitória histórica na Fórmula 1, no Grande Prêmio do Canadá de 2007, foi vendido em leilão por $241.300. Este item histórico fazia parte do primeiro lote do catálogo “Icon of Excellence” da Sotheby’s, que celebra a carreira ilustre do piloto sete vezes campeão mundial.

Na temporada de 2007, marcando sua estreia na McLaren, Hamilton, então com 22 anos, conquistou cinco pódios em suas primeiras cinco corridas, obtendo sua primeira pole position no Canadá. Durante a corrida, ele resistiu à tentativa de Fernando Alonso de tomar a liderança na primeira curva e conseguiu manter a posição após vários reinícios devido a carros de segurança, alcançando a primeira de suas 103 vitórias recordistas no esporte.

O macacão vendido no leilão foi autenticado pela Sports Investors Authentication como sendo o mesmo usado por Hamilton em sua segunda vitória, apenas uma semana depois, no Grande Prêmio dos Estados Unidos.

Além disso, o traje foi utilizado durante um treino de sábado no Canadá e foi usado novamente em uma sessão de classificação infame no Grande Prêmio da Hungria. Nessa ocasião, Hamilton foi bloqueado na saída dos boxes por seu companheiro de equipe na McLaren, o que resultou em tempo insuficiente para uma tentativa final. Apesar de Alonso ter conseguido a pole position, Hamilton herdou a posição após uma punição de cinco lugares no grid aplicada a Alonso. Hamilton venceu a corrida no domingo, superando seu rival pelo título, Kimi Raikkönen, por apenas 0,7 segundos.

Hamilton terminou sua primeira temporada na F1 em segundo lugar no campeonato, perdendo o título por apenas um ponto. No entanto, em 2008, ele conquistou seu primeiro Campeonato Mundial, vencendo por uma margem de um ponto.