F1: Jos Verstappen afirma que Max fica atento a seu feedback

Max Verstappen é tricampeão mundial de Fórmula 1 e conquistou seu espaço como um dos grandes nomes do esporte. Mas quem teve papel fundamental em sua formação como piloto foi o pai, Jos Verstappen. A influência e os conselhos paternos, porém, precisaram se adaptar ao passar dos anos.

“Do Kart na Itália aos primeiros passos em um carro de corrida, eu estava sempre lá com ele”, disse Jos ao Motorsport-total.com. “Eu dava instruções, mostrava como melhorar, e às vezes até perdia a cabeça quando ele cometia um erro bobo. No fim das contas, isso ajudou a moldá-lo como piloto”.

Apesar de não dar mais ordens diretas, Jos ainda mantém um diálogo franco com o filho sobre a performance na pista. “Eu falo o que vejo. Se noto uma manobra que acho arriscada demais, comento com ele. Essa honestidade é o que temos de bom e Max sempre responde da mesma forma”.

Essa mudança de postura reflete a evolução de Max. O holandês precisa de espaço para tomar suas próprias decisões e ditar seu rumo nas pistas. No entanto, a experiência e o olhar atento de Jos (ex-piloto de F1) continuam sendo um recurso valioso para o filho, agora em um formato de observação e feedback em vez de instruções.

A nova dinâmica pai-filho demonstra a maturidade de ambos. Max se consolidou como uma força independente, enquanto Jos se posiciona como um observador crítico e parceiro de diálogo, pronto para compartilhar sua expertise sem sufocar a autonomia do jovem piloto.