F1: Hulkenberg não sabia da estratégia da Haas e Magnussen na Arábia Saudita

Nico Hulkenberg afirmou que não estava ciente de que seu colega de equipe na Haas, Kevin Magnussen, havia reduzido o ritmo para ajudá-lo a conquistar um ponto no GP da Arábia Saudita de Fórmula 1.

Durante a intervenção do Safety Car, a Haas optou por estratégias diferentes, com Magnussen fazendo uma parada nos boxes enquanto Hulkenberg permaneceu na pista. Posteriormente, Magnussen foi penalizado por duas vezes, o que diminuiu suas chances de pontuar, levando a equipe a instruí-lo a reduzir seu ritmo para ajudar Hulkenberg a abrir uma vantagem suficiente para garantir um ponto, o que deu certo com o alemão terminando a corrida em P10.

Questionado se foi informado sobre a ajuda de Magnussen durante a corrida, Hulkenberg disse: “Não, não, eu não estava sabendo. Me disseram que a lacuna se abriu, mas eu não estava ciente do porquê. Achei apenas que sou tão bom que escapei do pelotão”, disse ele rindo.

Hulkenberg elogiou a pilotagem defensiva de Magnussen e prometeu retornar o favor ao seu colega de equipe quando surgir a oportunidade mais tarde na temporada.

A corrida teve também Hulkenberg enfrentando Oliver Bearman, que fez sua estreia na F1 com a Ferrari. Hulkenberg admitiu que tentou resistir às investidas do novato, mas reconheceu que a vantagem de desempenho da Ferrari era muito grande.