F1: Horner se concentra na temporada após absolvição pela Red Bull

Após uma investigação independente conduzida pela Red Bull GmbH, Christian Horner, chefe da equipe Red Bull Racing, foi absolvido das acusações de comportamento inapropriado feitas por um funcionário da equipe. A investigação, que começou no início de fevereiro, lançou uma sombra sobre a equipe baseada em Milton Keynes durante o lançamento do RB20 e os testes pré-temporada no Circuito Internacional do Bahrein na semana passada. A questão permaneceu como um potencial ponto de tensão para a equipe, considerando o direito de apelação do funcionário.

Em uma entrevista concedida à Sky Sports antes dos treinos no Bahrein, Horner expressou alívio pelo encerramento do processo e enfatizou sua intenção de se concentrar no Grande Prêmio de abertura da temporada e na defesa dos títulos da equipe. “Estou apenas satisfeito que o processo tenha terminado. Obviamente, não posso comentar sobre isso, mas estamos aqui agora, muito focados no grande prêmio e na temporada à frente, tentando defender ambos os nossos títulos”, afirmou Horner.

Questionado sobre a possibilidade de ser o fim da questão, Horner manteve sua posição de não comentar detalhes específicos, reiterando: “Não posso dar nenhum comentário adicional. O processo foi conduzido e concluído.”

Diante da pergunta sobre arrependimentos de a questão ter se tornado pública, o britânico reafirmou seu foco no futuro: “Não vou poder dar mais nenhum comentário, mas estou satisfeito por estar aqui no Bahrein com a equipe e focado na temporada à frente.”

Este desenvolvimento marca uma virada significativa para a equipe Red Bull Racing, permitindo que a atenção se volte para os desafios esportivos da temporada de Fórmula 1 de 2024. Com a investigação agora concluída, Horner e sua equipe podem direcionar seus esforços para a conquista de resultados positivos nas pistas, começando pelo desafiador Grande Prêmio do Bahrein, com a esperança de deixar para trás as questões extracampo e focar no sucesso esportivo.