F1: Equipes levam série de atualizações para GP de Miami

O GP de Miami da F1 está reservando uma série de atualizações para a maior parte das equipes do grid. Na etapa deste final de semana, que conta com uma prova Sprint no sábado, inúmeras modificações são observadas em alguns carros.

Começando pelos líderes da classificação, a Red Bull ainda não trouxe grandes mudanças – e sequer precisa. O RB20 de Max Verstappen apenas tem uma pequena alteração no assoalho com o objetivo de poupar um pouco de peso e beneficiando a confiabilidade.

Já a Mercedes tem boas atualizações para a etapa nos Estados Unidos, uma para o assoalho e outra na suspensão dianteira, ambas em busca de mais desempenho para 2024. Ainda, outras duas alterações foi feitas especificamente para a pista de Miami – refrigeração e asa dianteira.

Outra equipe com grandes mudanças é a McLaren com dez atualizações, todas também para a performance do carro. Isso engloba a asa dianteira, suspensão dianteira, canto dianteiro, além do assoalho alterado, assim como os sidepods, refrigeração, suspensão traseira e parte de trás total. Fechando a lista, uma pequena mudança pensando no traçado de Miami.

Encerrando a lista de times com maior número de alterações, Aston Martin também vem na esteira de atualizações. No total, são cinco, sendo quatro específicas para a corrida nos Estados Unidos: são asa dianteira, trave, asa traseira e a parte de baixo da asa traseira. Por fim, o chassi também mudou para priorizar a refrigeração.

Outras equipes também mudaram detalhes pontuais com Williams em sua asa dianteira, Visa Cash APP no assoalho e difusor, Sauber com asas dianteira e traseira e Haas, com assoalho. Ferrari e Alpine não mudaram.